quinta-feira, março 13, 2008

Subir



O tema de hoje não é uma workshop. Posta esta primeira surpreendente revelação, e enquanto vocês recuperam do espanto, apresento-vos a nossa convidada: chama-se Daniela Teixeira e é geóloga. Mas não é bem nessa condição que vem conversar connosco, embora lhe esteja ligada: Daniela Teixeira é alpinista e prepara-se para escalar o Shisha Pangma (não, o Shisha Pangma não é nenhum restaurante nepalês ou indiano). Mais do que isso: a nossa convidada não vai escalá-lo às três pancadas, ora correndo, ora saltando, ora deslizando graciosamente por aqueles divinos despenhadeiros; mas cingir-se a um estilo de escalada, o estilo alpino que, segundo este Dicionário de Montanha e Escalada é uma «forma de ascender a uma montanha, em que toda a equipa de alpinistas sobe sem carregadores de altitude, sem campos preestabelecidos, sem oxigénio, sem cordas fixas e sem voltar à base da montanha. O início da subida dá-se desde o campo base e já com todo o equipamento e víveres necessários para toda a ascensão, ou seja em autonomia. Estilo bastante exigente para todos os elementos da equipa. Este princípio pode igualmente ser aplicado à escalada de grandes vias em rocha». Irá fazê-lo pelo lado sul (outra coisa que iremos ficar a saber é qual a importância dessa escolha) e, se chegar a bom termo, será a primeira portuguesa a ascender aos 8000 metros em estilo alpino.

Será uma horinha de ascensão e, presos no trânsito ou em fretes semelhantes, poderemos, espiritualmente – que remédio –, preparar com a Daniela a expedição, e fazer de conta que vamos também: todos os passos preliminares; é preciso ser-se um especialista ou qualquer pessoa, com algum treinamento prévio, pode aventurar-se em algo assim?; e não havendo campos preestabelecidos, como se pode tomar banho, beber um café quente, ver um bocadinho de televisão, jogar uma sueca, telefonar para casa, durante a escalada?; leva-se pijama e escova de dentes? Para perguntas mais pertinentes que estas, telefonem, é o 800 25 33 33, ou escrevam para a caixa de comentários do blogue, a partir das 19, com Fernando Alvim e Cátia Simão.

13 comentários:

Anónimo disse...

Mais alienações capitalistas...
Operário Anónimo.

Marina disse...

eu acho que é preciso ter "tomates" para alguém se aventurar a escalar o que quer que seja!!
é que eu nem coragem tenho de "escalar" uma árvore para tirar de lá o meu gato...

Sei que deve ser fascinante ver a paisagem mesmo lá de cima!! mas não haverá nenhum helicóptero que se digne a levar-nos lá a cima?? é que seria muito melhor observar uma paisagem quando ainda estamos bem de saúde.

Anónimo disse...

Só sei que salvar estes aventureiros fica caro ao erário público. E isso tem acontecido.

Pinheiro disse...

ola alvim, catia e convidada. já hà muito tempo que tento escrever, mas ainda não tinha tido oportunidade. adoro o programa, e quero deixar um abraço especial para o alvim, pois admiro muito o seu trabalho. Falei contigo a última vez que estivestes em Guimarães pela primeira vez, fui assistir à sessão de DJ que foste fazer. quanto ao tema, digo que já realizei algumas descidas de montanhas e penedos, pois frequentei muitos anos os escuteiros e realizava-se muitas actividades desse género. acho que é um grande acto de coragem da Daniela. um abraço.

Marlene disse...

Olá

Quero desejar bom trabalho e boa sorte à Daniela, acho que é preciso ter muita coragem e muito treino para tal desafio!

Gostaria de perguntar se ela já escalou a montanha do Pico... e outra coisa, também se chama "escalar" se é a descer? Por exemplo descer ao fundo de uma ingreme cratera vulcanica...

Minnie disse...

Olá.

Admiro a coragem e 'invejo' a oportunidade de apreciar a natureza de forma tão intensa!!

Aproveito para deixar aqui um repto. Já que o tema apela...

CAMPANHA DE ANGARIAÇÃO DE FUNDOS

1 EURO PARA EVITAR O ENCERRAMENTO DO ÚNICO REFÚGIO DE MONTANHA EM PORTUGAL

"O Clube Celtas do Minho está a desenvolver uma campanha para angariação de fundos para evitar o encerramento do único Refúgio de Montanha em Portugal. Este refúgio, aberto há cerca de dois anos, corre o risco de fechar por motivo de uma dívida bancária contraída para a conclusão das obras e pelo atraso na recepção de parte do financiamnto atribuído e cuja liquidação cessa no próximo dia 20 de Março de 2008."

"... perante esta humilhante situação, resta-nos apelar à solidariedade característica de todos os montanheiros, escaladores, pedestrianistas, caminheiros, amantes do desporto na natureza e da montanha, para ajudarem-nos a pôr fim a esta frustrante situação".

Para mais informação sobre este assunto e forma de colaborar consulta o site http://www.clubearlivre.org/files/caal/institucional/celtasdominho.pdf

Bjocas e boa sorte para a Daniela e para o Clube Celtas do Minho!

daniel disse...

Olá Alvim...
Desafios...Todos temos ao longo da vida certos desafios que vamos tentando superar. Estão no topo do pensamento, estão no topo da nossa vida e da nossa realização pessoal.
Uns são mais "radicais" que outros, mas todos são desafios. Podem ser propostos por alguém ou simplesmente por nós.
A nível pessoal tenho como próprio desafio uma ida em missão para África. Todos temos desafios.
Boa sorte para o da geóloga convidada
Abraço para ti

Anónimo disse...

Beber lá em cima realmente "bate" mais... Mas se levarem alguma coisa de Marrocos (é só pedir aos meninos das biciletas) aí é que a malte se diverte!!!!
Quisto de subir é muito bonito!!!

roaz-corvineiro disse...

Pena só apanhar a conversa agora....amanhã parto para Kathmandu para fazer um trek em ronda do Dhaulagiri. Quando é que a Daniela parte? Talvez possamos beber um copo no Thamel?

Anónimo disse...

ouvi dizer que havia problemas de autorização de acesso ao Everest por parte do governo da China!

Isso preocupa-te!?

Fernando (Viseu)

SDivad disse...

ouvi a prova oral na viagem de regresso do trabalho, alias como sempre, e ouvi falarem num blog q falava em viajar por 1000 euros, sera q alguem me sabe dizer quál é o endereço.

Obrigada

Jose disse...

viva,

Alvim, cada vez mais maluco...

Uma informação; Quem interpretava a música que abriu Quinta-feira o programa...tinha muita garra...

O meu obrigado a quem tiver a informação.

JE

vigilancia disse...

quanto maior a subida... maior a queda...