terça-feira, julho 31, 2007

Pffffffshshshshsiiiipfffffshshshshsiiiii



Em véspera de irmos de férias, temos uma emissão assumidamente umbiguista da melhor maneira possível: nesta rádio, hoje, vamos falar de rádio. E com um leque de convidados que a conhecem profundamente: Rui Pêgo (Director das Antenas RDP); José Marino (Director da Antena 3); Rui Portulez (Oxigénio); e António Mendes (RFM). Da rádio que se fez ontem para a que se faz hoje, ondas hertzianas versus banda larga e por aí adiante. A partir das 19, com Fernando Alvim.

12 comentários:

Anónimo disse...

Confesso que não sou fiel a nenhuma rádio em particular, mas adoro a Antena 3 (Programa da Manhã).
Só que de manhã há tanta coisa boa, que passo o caminho de casa para o trabalho (moro em Sintra e ainda vou levar duas crianças à escola pelo caminho), a fazer zapping radiofónico, para conseguir ouvir o Markl na Antena 3, os Caixilhos e Laminados na Comercial, A Guerra dos Sexos na RFM, o Quim Roscas e o Zeca Estacionâncio na Best ... enfim uma loucura.
Ainda bem que existe a rádio !
Ainda bem que tenho a prova oral para me acompanhar no caminho para casa todos os dias!
Alvim - vou ter saudades tuas em Agosto :(
Cristina

Anónimo disse...

Anoka diz-vos:

Rádio, akele aparelho mágico...
Adoro conduzir e ouvir rádio. Aliás, mal me sento no carro e o ponho a trabalhar o rádio tem de ser ligado. Dps claro faço zapping por 3 estações: Antena 3, Comercial e RFM.

Admito k seja complicado somente com o poder da voz cativar ouvintes.
Mas continuem a fazer bons programas.
Bjs

Anónimo disse...

Eu não vou ter saudades...

Mr. Postalhas disse...

Agora dizem por aí em tom que a Antena só por não ter anúncios e só por não ter publicidadde é a TVI mas da e em rádio, nem tem nada que ver mas já ouvi dizer que é bonito.

Viva pechblenda e a uranita.

" il garfield " disse...

Não sendo especialista em rádio. Mas sendo assíduo ouvinte de algumas dou-me por satisfeito com a rádio que temos, dependendo das horas do dia ouço antena3, tsf e a rádio da minha terra, radio cister...(foi uma pena terem morto a antiga rádio comercial)para quando a informação nos nossos visores de quem canta e qual o nome da musica? que passa na rádio , pois é surpreendentemente isso já acontece em países como a polónia e lituâna... ah pois é ... um abraço a todos.

Anónimo disse...

Falando de radio, sabem dizer se é legal passar radio num establecimento comercial? ou tem que se pedir alguma autorização ou pagar mais algum imposto? (ja se paga um imposto qualquer na electricidade)

Luso

SCipriano disse...

Olá amiguinhos.


Havia uma altura, à não muito tempo, que dizia que não necessitava de televisão desde que tivesse “Youtube”.
Sei que o tema de hoje é Rádio, mas até neste mundo de ondas eu mudei a minha política.


Actualmente uso e abuso dos podcast, mas não pensem que apenas oiço os da Antena 3 apesar de fazerem maioria.

Gostos de ocasionalmente passar na Comercial e “Ouvir meu blog dava um programa de rádio” , mas uso sempre a “Prova Oral” como meio de passar a minha última hora de trabalho.


Em relação à Rádio mesmo Rádio tenho uma ligação muito diversificada, que quando penso, até parece mentira:
- acordo a ouvir as “Manhas da 3”
- quando estou na terrinha ao fim de semana oiço “Cidade FM”
- quando estou na terrinha MAS com o meu pai levo com a “Rádio Renascença” por causa do Benfica. (nota: a minha mãe não ouve rádio)
- quando volto da terrinha oiço a “TSF” ou “Antena 1” porque as falas mantêm-me acordado
- quando estou com a minha namorada ouvimos “Comercial”
- quando estava com a minha ex-namorada ouvíamos “Oxigénio”
- quando estou no trabalho vou aos “podcasts” da “Antena 3” e da “Comercial”
- quando estava na faculdade a trabalhar ouvia online “Pandora” mas depois de fecharem passei para a “Mix FM”
- quando conduzo tardíssimo da faculdade para casa oiço a “Orbital” para me manter acordado e atento
- quando chego a casa oiço… não oiço nada porque também necessito de descanso.


Espero que vocês tenham umas boas férias de descanso.
Cumprimentos também para os vossos convidados,

Ludovico do Canto Lopes
~ SCipriano ~

definitivo disse...

Boa noite, Alvim.

Olhem só a minha vida!... Levanto-me depois do meio dia (bem depois), tomo banho, visto-me, como uma maçã, dou um beijo ao meu filho, outro à minha mulher (porque sou eu que mando, senão não dava), um linguado (dá-lhe pró peixe...) à minha sogra e, depois de dar um "chega pra lá" ao meu cão, meto-me no carro, meto um CD (Keith Jarrett, Mozart, Jonh Lee Hooker, por aí...) no aparelho, venho para o meu escritório, desfaço-me a "trabalhar" até à noitinha, depois... não posso dizer pra onde vou até às tantas da noite... é pecado...
Volto pra casa às tantas (tudo depende das "forças") da matina, e... deito-me (porque um trabalhador tem o seu direito ao descanso...)

Portanto, amigo Alvim, onde é que eu posso ouvir mais rádio?!....
Digo-te mais, a tua "Prova Oral" é o único programa que "vejo" na rádio. Olha, Alvim, já que estou com as mãos na massa, e porque hoje estou uns "mãos largas", digo-te o seguinte: o teu programa é o único que vale a pena ouvir... e ver. Porque, contigo ao leme as coisas... vêem-se!...

Abraço, capitão. E volta depressa. O país precisa de ti - isto até parece paleio de paleio gay!


PS: não se iludam, dou a entender que não estou a par do que se passa por aí nas rádios mas... é mentira: sou um tipo bastante actualizado....

In My Way disse...

Não existe melhor companhia para as viagens do que a rádio...

Afinal as figuras tristes que o pessoal faz a tentar cantar... os berros e as gargalhadas que soltamos... Não sozinhos...

Existe alguém do outro lado, que nos faz sentir acompanhados ou que animam a companhia...

Verdade seja dita, quantos e quantos "climas" já não foram "produzidos" ao som da rádio?

...

:)

Cumprimentos da vossa ouvinte Catarina.

Rui disse...

Oi Alvim, gostava de saber se alguem me pode ajudar numa coisa que eu não encontro em lado nenhum. Qual a legislação Portuguesa existente para as Webrádios?
Tenho uma webrádio e gostava muito que me pudessem responder a esta questão.

Um abraço a todos.

Anónimo disse...

Radar é fixe!

Anónimo disse...

A rádio, a publicidade a tv.

dizem as conformidades internas que não podem usar para interesse próprio, para chantagear ou perseguir alguém.
Já gostei mais de rádio do que agora, são pouco criativos, vivem da inflicidade fazendo de disso uma mais valia para facturar e serem os protagonistas.

Triste é quem gostava de sonhar, qua gostava de ler, de passear o cão, sei lá um sentimento bom para novas amizades.
Agora a rádio tenta acompanhar ou dar dicas para ler quando não falavam disso, era tangas sobre as noitadas etc.

-...è estranho tornarem-se mais cultas, foi preciso vampirizar alguma virgem... Ah dizia uma expert da psicologia... nunca mudes de personalidade... ah as vioalaçãoes tiram-nos os sonhos, mesmo que se tome benho cheira-se mal, o gosto para ler nem um pouco.

Foi-se tudo... com pena ainda dizem A merece uma 2a oportunidade, como se mandassem na vida das pessoas, entram e saem delas, escangalhando tudo, familia, sonhos, resumindo.

Amigas destas, fujam...

A rádio é o rabo para gays. hahahahah

a melhor companhia está no c´eu.