terça-feira, julho 10, 2007

Juizinho



Muito a propósito deste novo recrudescimento de regras e proibições higiénicas – tudo para o nosso bem, evidentemente –, vamos hoje ter na Prova Oral António Costa Santos, jornalista e escritor, que acabou de editar, pela Guerra & Paz, Proibir – um livro onde lista uma série de proibições, aos olhos actuais algo cómicas e absurdas, mas que por cá andaram, de facto, e não há tanto tempo quanto isso. Uma sinopse:

«Já imaginou viver num país onde tem de possuir uma licença do Estado para usar um isqueiro? Como será a vida num país onde uma mulher, para viajar, precisa de autorização escrita do marido e as enfermeiras estão proibidas de casar? Haverá um país onde meçam o comprimento das saias das raparigas à entrada da escola, para que os joelhos não apareçam? Imagina-se a viver numa terra onde não pode ler o que lhe apetece, ouvir a música que quer, ou até dormitar num banco de jardim? Como se faz praia, num país que não deixa ninguém mostrar o umbigo? Já nos esquecemos, mas ainda há poucos anos tudo isto era proibido em Portugal. Tudo isto e muito mais, como dar um beijo em público.»

Pertencerão, em definitivo, estas proibições ao passado?; ou ainda corremos o risco de levar com elas no futuro, numa sociedade que volta e meia parece obcecada em legislar sobre tudo e mais alguma coisa? Perguntas e comentários para o 800 25 33 33 e caixa do blogue, a partir das 19, com Fernando Alvim.

25 comentários:

pinkas disse...

Aposto que te deu imenso gozo escrever esse texto.E aposto tambem que mais de metade do país não se lembra em média nem uma vez por ano que um dia as coisas foram assim.Enquanto hoje usar uma saia da Berska com o fio dental à mostra é moda,e sinal de superioridade quando não se tem muita celulite (claro) em tempos era impensavel.Mas muita coisa ainda falta evoluir...O tempo cura tudo,dizem,eu cá acho que os "nossos" filhos ainda vão sofrer do atraso dessa evolução.

Como dizia John Lennon "we live in a world where we have to hide in order to make love,while violence is practiced in broad daylight."

Anónimo disse...

Ainda bem que esse tempo já passou, ainda bem que as raparigas agora podem andar "à vontade". Quem não gosta de ver o decote da colega da frente ou mesmo os cordeis do fio dental a sair calças fora?
E quem na praia nao fica maravilhado com as "vistas" que por lá abundam...
Deixem as pessoas viverem à vontade, desde que isso nao interfira com a privacidade dos outros que os rodeiam...

Viva a LIBERDADE!!!

Um grande Abraço

Gil

definitivo disse...

Boa noite, Alvim.

Ó meujamigoje...je...je... isso já eu sabia!... Bom, não sabia com tanta clareza e "abundância", toda essa "estória" das proibições salazarentas, tal e qual relata o António Costa Santos. Mas sabia de algumas. Uma em particular: o meu pai chegou a apanhar uma multa de isqueiro. Não é pra todos. Quem é que não gostaria de ter apanhado uma multa dessas?... Eu, por exemplo, não me sinto totalmente realizado exactamente porque não conta na minha "História de Vida" (com maiúsculas, porque a minha vida dava um filme, um livro, uma novela, artigos de opinião, etc.) nenhuma multa desse género.
Por exemplo, sempre que ía viajar (mesmo a lei sendo ao contrário), lá ía eu prá minha mulher "ó amor, deixas-me ir ali a Vigo num instantantinho qu'eu volto já?...".
Também nunca usei saia acima do joelho - mesmo no Carnaval!
Praia?!.. Sou tão branco que até me chamo Albino!
Umbigo?!... Só se for a hérnia qu'eu lá tenho...
Dormir num banco de jardim?!... Então pra que servem os comprimidios que tomo à noite?...

Alvim, o que eu queria é que o teu convidado escrevesse um livro sobre as multas actuais!...

Só um exemplo: embora tendo auricular, já apanhei 4 multas por ir ao volante e a falar ao telemóvel. 120 aéreos que foram ao ar em cada uma.
E se em vez de levar o telemóvel pregado à orelha levasse, por exemplo... uma batata?...

Se eu levar uma batata ao ouvido enquanto conduzo, apanho multa?...

Lá está, era sobre este tipo de multas (d'hoje) que o António Costa Santos devia escrever o próximo livro.

Fico por aqui, pois a camioneta está quase a passar e eu não quero ir a pé.

Abraço, capitão

Anónimo disse...

Alvim td bem?...
Este tema é cada vez mais actual... veja-se o caso do prof Charrua, da Dir do Centro de Saúde de Vieira do Minho e muitos outros pelo nosso portugal... mas temos uma classe a quem nada é proibido e a quem tudo lhe fica bem, seja lá o que for, os POLITICOS!!!!! Sim é já uma profissão e tudo podem fazer... sem que alguém os puna ou os coloque no seu devido lugar.
Abc
Nuno Maior, Lamego

Renato Rodrigues disse...

Boa Tarde Marisa!

Em Coimbra ainda existe um Caf� onde � proibido beijar... Em 2007!

Nélio D. disse...

Numa das minhas pesquisas sobre o tema descobri uma lei que particularmente gostei.AQUI fica o registo:

"Quando um homem for repreendido em público por uma mulher, cabe-lhe o direito de derrubá-la com um soco, desferir-lhe um pontapé e partir-lhe o nariz para que assim, desfigurada, não se deixe ver, envergonhada de sua face. E é bem merecido, por dirigir-se ao homem com maldade de linguajar ousado."

Le Ménagier de Paris (Tratado de conduta moral e costumes da França, século XIV)

Nélio D. disse...

NÃO É EM PORTUGAL !!!!
"A mulher deve adorar o homem como a um deus. Toda manhã, por nove vezes consecutivas, deve ajoelhar-se aos pés do marido e, de braços cruzados, perguntar-lhe:
Senhor, que desejais que eu faça?"


Zaratustra (filósofo persa, século VII a.C.)

É PENA!!!!

Arcebispo de Cantuaria disse...

Há proibições que, na minha opinião, até se deviam manter, como dar um beijo em publico.
A pessoa sabe lá se o publico quer ser beijado?

Rui Cubano disse...

Muitos dos militantes (e mtos outros) que "sairam à rua de telefone em riste" e que votaram no maior Portuga de sempre e que deu nakeles dois cromos, são muito perigosos ao contrário do que parece, pois sacrificam a liberdade pela segurança e não mereciam nem uma nem outra.(Benjamin Franklin)

Cesário Simões disse...

Sabem aonde é que HOJE EM DIA só se pode fazer sexo com a própria e legitima esposa?
E onde só se pode utilizar a posição do missionário?
E onde na intimidade só se pode descobrir o estreitamente necessário para o acto durante apenas o tempo necessário?
E onde só se pode fazer sexo de noite e as escuras?
E onde se tem de casar virgem?

São alguns estados dos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA mesmo onde há leis pela indumentária decentes, esses mesmos estados unidos da América, donos do mundo e do iraque, onde menores com 16 ou mais anos só precisão de autorização dos encarregados de educação, onde não se pode publicar conteúdos sensiveis...
No inicio a coca-cola continha um derivado da cocaina

Diogo B disse...

É verdade que há bem pouco tempo estivémos sujeitos a medidas repressivas e se viveu uma época em que o Estado se achava no direito de controlar todo e qualquer dreito - mesmo o mais íntimo - de cada cidadão. À primeira vista este tipo de comportamentos são inaceitáveis, é certo. O problema é que, se é verdade que hoje em dia não temos um Estado tão repressivo como há 30 anos atrás, também é certo que a maior parte das pessoas se sente hoje, daquilo que se percebe, muito mais vilipendiada hoje nos seus direitos do que se sentia nessa altura...
Aliás, os portugueses atreveram-se a votar em Salazar (personagem que não admiro nada, assim como o regime que representa) como o MAIOR dos portugueses...
Incompreensível? Talvez...mas talvez só à primeira vista...

Anónimo disse...

Ainda bem que aconteceu o 25 de Abril!! Minha rica Cocacolazinha!!!!!

Bem, Alvim, podias perguntar aí ao Sr. António Costa Santos se é (ou foi) proibido conduzir descalço ou com chinelos??

Muito Obrigada!!!!

Joana

Cesário disse...

Esclarecimento
É nos Unidos da América menores com 16 ou mais anos só precisão de autorização dos encarregados de educação.

Alem disso tambem é necessário licença de isqueiro mas não de arma

GiGi disse...

Ola Alvim, Ola Marisa

Axo interessante este tema das proibições mas no país em que vivemos não sei de fará muito sentido uma vez que tudo é possível. E quando digo tudo é mesmo tudo, ora veja-se o caso dos funcionarios do CDS que utilizaram o nome Jacinto Leite Capelo Rego (nao ler em brasileiro) para falsificar documentos para licenciamento de obras.

Como veem nao ha proibicoes nem regras neste país onde tudo é mesmo possível. Que escandalo!

Abraços

Za disse...

Como o meu avô era da oposição ao Regime, sempre houve a regra na minha família de que aquilo que se diz em casa não se repete na rua. Proibição essa que nunca caiu em desuso, apesar de o Regime já ter caído ha tantos anos e eu nunca ter sequer vivido na ditadura...
O meu outro avô, muito pró-regime, só o vi dizer mal uma única vez do regime: quando relembra que foi multado por nao ter licença de isqueiro, numa aldeia remota da beira Alta.


O livro parece-m interessante, já fui a uma livraria on-line ver quanto custa;)

Anónimo disse...

Alvim,
O que aconteceu h� 30 anos atr�s foi o fim de todas as proibi�es... mas acabou por nos levar ao extremo que actualmente vivemos... como tal, por vezes, os bufos at� que t�m um papel importante... conv�m � que n�o sejam amigos do charrua!!!!!

Deolinda santos disse...

ainda hoje em dia nalguns estados dos eua é proibido namorar em publico mesmo ente marido e mulher

Anónimo disse...

belo tema o de hoje.
tenho um caso, "acho eu", insolito que por acaso passou-se comigo.
ora então foi mais ou menos assim:
numa bela manha desloquei-me a lisboa para tratar de assuntos de trabalho, de regresso a casa, setubal, apos ter ultrepassado um carro, passado coisa de um minuto sou mandado encostar pela nossa brigada de transito que acabou por me multar porque ia a conduzir a faixa do meio ou seja estava numa autoestrada com três faixas.
resumindo ROUBARAM-ME 60 euros assim sem mais nem menos.
não haverá por ai uma caça á multa.
é uma questãoa pensar.

Angel disse...

Oi malta! Ainda relacionado com o tema do Live Earth - acho q devia ser proíbido colocar cartão/papel, plástico e/ou vidro nos contentores normais! Ainda hoje deparei-me com essa situação na minha rua... Ñ há respeito nem responsabilidade. Outra coisa: tb se pensa q é proíbido conduzir descalço ou de chinelas e isso é mentira. Informei-me junto de um amigo GNR. Beijocas!

gracindinha disse...

no meu carro nao se pode conduzir de chinelas por causa do mau cheiro! la dentro mando so eu! :)

Rui Cubano disse...

Tem uma lei num lugar em Itália que deixa as mulheres andarem nuas (se forem bonitas). Grande povo!

Fátima, Lisboa disse...

E se eu vos disser que o meu pai, agora com 79 anos, foi, na sua juventude, multado na praia por uma das alças do seu fato de banho ter descaído, deixando ver o mamilo?

nuno m. disse...

Eu possuo um livro anterior à proibição que se chama: "Relação das Prostitutas da cidade de Lisboa, e onde se relatam os nomes, bordeis onde permaneciam e médicos que as assistiam

Herói disse...

dizem mta coisa mas o k é certo k o grande portugues foi kem foi lol..

axincalhante.blogspot.com


hasta

Anónimo disse...

E SE FOSSES PARA O CARALHO!!!
O CARAMELO!!!
SEU BACALHAU ENLATADO!!!
VAI LAMBER A CONA A TUA MÃE!!!
A PILA DO TEU PAI PARECE UM AMENDOIM!!!
FODE-TE
KUMPRIMENTOS DO CAVALEIRO DO APÓCALIPSE