segunda-feira, julho 16, 2007

Foi em Setembro que te conheci



As gerações mais novas conhecerão o nosso convidado de hoje, Vítor Espadinha, apenas como actor de algumas séries televisivas recentes; mas os que cá andam há mais tempo, sabem-no sobretudo de uma certa canção a respeito um amor impossível, e guardam no seu imaginário a moça esbelta e prendada que ele terá conhecido numas férias em Setembro: eu, por exemplo, se fechar os olhos, vejo-a caminhando pelo areal húmido, apanhando conchinhas, as ondas dóceis da maré baixa beijando-lhe os pés, e consigo ouvir, como se vindo dos confins do pôr-do-sol, o trompete dramático melodiando melodiando até ao desespero (há dias em que inclusive verto uma lágrima). Naquela altura não havia a facilidade das sms's – só daqueles telefones pretos que davam muito trabalho a discar e que nos esfolavam o dedo indicador nos números mais longos, com indicativo e tudo, já para não falar na desgraça que era enganarmo-nos e termos que começar tudo de novo –; daí que estes dois amantes não tenham voltado a ter notícias um do outro.

Moça esbelta e prendada que numas férias em Setembro teve um arrebatamento amoroso com o Vítor Espadinha: se leres isto, por favor telefona para o 800 25 33 33 ou deixa mensagem na caixa deste blogue. Pelos mesmos meios poderão vocês, queridos ouvintes-em-linha, mesmo que não sejam moças esbeltas e prendadas, participar nesta emissão, comentando e perguntando. A partir das 19, com Fernando Alvim.

11 comentários:

dragonfly disse...

(Por acaso conheci o sôr Alvim em setembro...;))
Gostava de cumprimentar o Senhor Espadinha. Admiro imenso o seu trabalho e adorei a sua participação em «Ouvi Dizer», dos Ornatos Violeta. Realmente, qualquer música ganha grandiosidade quando interpretada por si. Parabéns!
Beijo pra todos

Anónimo disse...

Amor... só se tem uma vez na vida, ou se aceita, ou então deita-se tudo a perder.
Um abraço de um antigo, mas fiel ovinte da "Prova Oral"

Francisco disse...

Epá, Alvim!!!
Actualizem os podcasts da prova oral. é que eu estou na alemanha e preciso de ouvir os podcasts para me sentir ao mais alto nível. vá , tratem lá disso.

Luis Simoes (FR) disse...

Só kero dar um grande abraço a esse grande Senhor Vitor Espadinha, tenho apenas 25 anos mas venho conhecendo a pegada do shôr Vitor. Grande Senhor, Grande Galã, meu idlo do engante. Obrigado shôr Vitor. Obrigado Alvim ou mais alto nivel depois de mim. LOL

Edgar Sousa disse...

Arrebatamento em Espanha? Também estava lá o Pastor Adelino de Sousa?
E a jovem, também era uma virgem louca?

lol

Um pedacinho de mim... disse...

:):):)Hi Vitor espadinha, alvim and marisa....:)Muito bom este inicío de programa!E essa música...hummm...por momentos fiquei nostálgica...

Alvim, não é que te conheci em Setembro?! :):) É mentira. Conheci-te depois...looool

Queria aproveitar a oportunidade para dizer ao Vitor Espadinha que gosto muito do ouvir cantar...Os anos parecem não passar por si, continua um verdadeiro galã...É verdade. E dança bem...que eu bem vi...no Dança Comigo...Muitas felicidades.

beijinhos para todos...

AMalta disse...

"Quem gostar de gajas e beber vinho tinto não tem lugar na televisão portuguesa!"
VITOR ESPADINHA in Noticias Magazine
Queria aqui deixar o meu muito obrigado pelo exemplo que o Grande Vitor Espadinha repesenta para todos aqueles que ainda não abichanaram!

Um abraço Vitor!

Eduardo Ramos disse...

URGENTE URGENTE URGENTE!

Eu posso gostar muito do Vitor e a sua música e da voz dele, mas adoro mais a minha mulher.

Minha esposa tem dores de estômago desde à muito. e até agora nada resolveu. Endoscopia deu gastro-entrite. Medicamentos e continua na mesma.
Preciso de saber mais. Onde? Email do Vitor Espadinha qualquer coisa. pode ser a luz ao fim do tunel.

Espadinha, és grande!
Vi esse homem no Centro de Viseu num bar. Pensei que fosse mais alto! hehehe

Abraço!
E por favor digam-me coisas. Cheguei a casa a correr para ligar o computador.

definitivo disse...

Boa noite, Alvim.

Desculpa lá, Alvim, mas hoje tem que ser uma rapidinha: está a fazer-se tarde prá camioneta, e não quero problemas mais uma vez lá em casa.

O que eu tenho a dizer sobre o Victor Espadinha, não cabe no tempo que eu dediquei a mim próprio para fazer este comentário. Por isso, vou ser "ligeiro": o Victor Espadinha, é a maior descoberta dos últimos (muitos) anos, em televisão.
É caso para dizer, "por onde é que andavas metido neste tempo todo, que ninguém te via?"
Mas, o problema, é que, como apareceu... desapareceu. Acabaram-se os "Malucos", o "Love Boat" e... e não se soube mais do Victor em televisão - pelo menos na minha, não dá!...
Para quando uma proposta para uma "sitcom" onde ele seja a figura central?
Há uma característica que todos os que querem ser actores têm que ter: a capacidade de criar várias "expressões". Várias "caras". Várias máscaras.
Nenhum actor em Portugal consegue criar tantas máscaras - e tão perfeitas - como o Victor Espadinha.
Dito de outro modo, não há neste país melhor mímico que ele. E está desaproveitado - o que é natural pois, actualmente, é isso que se faz aos bons. Os fracos?... estão todos a trabalhar nas novelas.

Quanto ao "foi em setembro que te conheci", é o ícone das músicas românticas. Uma gaja que ouça esta música, até se esquece que conheceu o o seu gajo... nas férias da Páscoa!...

E por fim os Ornatos: ó Víctor Espadinha, o que é que lhe deu para entrar nessse mundo tão... "perigoso"???!!!
Perfeito.

Pronto! vou novamente de secretária.

Abraço, capitão.

CARINA disse...

Sou uma rapariga de 30 mas sei reconhecer uma excelente voz!
Parabéns!
Um beijinho a esse D. Juan dos últimos tempos.

Ps: tb tive essa maldita bactéria! Estúpida!

Edgar Sousa disse...

O Vitor Espadinha é o REI... Senhores da Antena3, contratem JÁ o Vitor.

Pode ser para o programa da Manhã, ou então para substituir o Alvim.

Rua Alvim, queremos o Espadinha!!!