terça-feira, abril 15, 2008

How do you feel, woman?



Depois do brilhante trocadilho do título deste post com o tema do programa, vamos ao que interessa:

«Não seria demasiado assumir o sucesso estrondoso que foi a 1ª edição da Feel Woman. Confirmámos uma questão que sabíamos em teoria: A Mulher precisa de um espaço físico para expressar sentimentos, espaço que lhe reflicta as emoções quase sempre de difícil materialização. Precisa de um espaço identificativo, que a mime com trato de carícia, pelo ser expressivo, sensível e delicado que é. Esse espaço é a Feel Woman. Pretendemos, assim, cruzar dois conceitos: O de Exposição com stands e o de comemoração e festa, tendo a Mulher como o centro dos acontecimentos.»

Na forja há, então, a segunda edição do Feel Woman Lisboa, e a primeira do Feel Woman Porto, e é destes eventos que vamos falar hoje, com Luísa Castel Branco, porta voz da Feel Woman. Propósitos e objectivos, dificuldades e sucessos (que uma coisa está ligada à outra), públicos e afins. Perguntas e comentários – homens e mulheres – via 800 25 33 33 e caixa de mensagens do blogue. A partir das 19, com o homem Fernando Alvim e a mulher Cátia Simão.

39 comentários:

Arcebispo de Cantuária disse...

E porque não um Feel Men?

"O Homem precisa de um espaço físico, vulgo sofá e uma TV para ver futebol, expressar sentimentos gastro-intestinais, espaço que lhe reflicta as emoções quase sempre de difícil materialização, quando o jogo da Play Station é de extrema dificuldade. Precisa de um espaço identificativo, que lhe tragam a "mine" sem carica, pelo ser expressivo, ou para que +e que existem os palavrões e certos gestos?, e de uma mulher sensível e dedicada, isso é que é. Esse espaço é o Feel Men".

O Morto Vivo disse...

@arcebispo da cantuaria: a "mine"? WTF? e mas e a "mini" a nao ser que tejas a falar da vagina!

@???: Feel Wiiiiii(himen)meeeeeeen!

Feel Man!

Feel Wiiiiii(himen)meeeeeeen!

Feel Man!

Isto muitas vezes repetido vai dar ao sexo!

Eddie Vedder disse...

Eu quero já uma mulher(ou duas!!)em minha casa para ela me demonstrar o que é isso do "feel woman" e em troca posso eu demonstrar-lhe o que é o "sentir homem"se ela for mulher suficiente.Desculpem lá mas uma perguna:porque é que em Portugal dizemos "feel woman"?A mulher portuguesa é diferente da inglesa,me quer parecer.a mulher é sempre um ser estranho´,principalmente para a própria.Outro dia não pude deixar de ouvir uma conversa,enquanto viajava decomboio,de uma portuguesa genuína de meia idade que falava descontraída e sonoramente ao telemóvel:"ouve lá!mas tu também já andaste com mais de um...já andaste até com trÊs ao mesmo tempo que eu sei bem!!(...)Mas eu não sei,mesmo assim...o Paulo é muito querido mas é um mole e se o meu Tozé sonha sequer...ai meu deus...vai desfazê-lo todo...nem quero pensar,melhor é mesmo ficar só com o outro.Não sei como pudeste aguentar três!..."É claro que todos os passageiros em redor estavam entusiasmados com semelhante exemplar feminino!Eis uma bela demonstração do "feel woman"...Nem todas são assim porém...há que dizê-lo,baixinho:)Pelo menos é o que eu sinto!Essa Castel Branco é a mãe da rapariga que declama no blog do Pedro Paixão?Se sim é só para dizer bem do casaco que a filha lá apresenta!é colorido...e assim. Ninguem avista a Raquel Bulha?que saudades...

O Morto Vivo disse...

@interprete: FODA-se !WTF? a letra sente a mulher parece que tamos num sitio que eu ca sei!

Ja agora kem e k viu ontem na 2 o Californication ! Californicacao ou Californidilhao em tuga !

Brutal!

e Tudo acabou com a unica palavra com k tudo comecou FODA-se!

O Morto Vivo disse...

@Shania Twain: devias ir reclamar e devias passar por ca! Roubaram te a musica e tao te a plagiar!

Woman I Feel like a Man!


Onde e que tao os direitos de autora dela!

Fica aki a pergunta se bem k kase nunca faco nao sei a verdade nua e crua do siiteee!

O Morto Vivo disse...

@eddie vedder: O problema de tar a dizer as cenas em voz normal diante de outros ainda em tabu hoje em Portugal se bem que o sexo tambem o seja para isso e k houve programas de sexo ha explicar e tal cito a Marta Crawford e programas de Radio de Segunda a Sexta aki com a Raquel Bulha a falar de penis e vaginas sem tabus ou temos vergonha do nosso sexo se assim o temos tanto vergonha de declamar em voz normal numa conversa banal devia encontrar a propria auto-estima Foda-se!

O Morto Vivo disse...

@PPL organizador da FEEL WOMAN no Porto: um dos objectivos do FEEL WOMEN e nao FEEL WOMAN ta mal escrito seria promover o dia Internacional da Mulher posso vos ja dar os parabens!

Porque pelas simples razao de se terem adiantado e ja tao a acelebrar o dia internacional da mulher!

E a frentex po crl!

XD

Anónimo disse...

Feel Woman, é uma nova versão do Salão Erótico?
Para quando o Feel Man? O programa tá a ficar muito amaricado

O Morto Vivo disse...

@anonimo: 1@pergunta: Nao.
2@pergunta: Para quando der na telha da TVI pois a media capital tinha lancado o mens health tv k ficou logo fodido e depois o apresentador k fazia cenas migrou para a SIC e ta no QTT Quando Tudo Torce que nao e o caso !

E so ppl ha bazari de um lado para o outro fds e como as formigas nao sabem em k formigueiro vao parar embora la de vez em kando sabendo kando e como vai parar e so confusoes e a minha escrita tb tar morto tem as suas regalias e frakezas!

O Morto Vivo disse...

@seguranças do feel woman: pergunta os/as seguranças do feel woman sao seguranças femeas ou machas?

E que feel woman implica sentirem-se mulheres e como tal implica vestirem se de mulheres e terem seios!

@ppl da Feel Woman: do momento k o ppl se sinta Mulher tudo bem como o Castello-Branco agora nao me venham ca dizer k os homens k tao la se sentem mulheres e kerem fazer uma transfusao e implantes mamarios!

Se bem que eu ja tinha visto um gajo apostar com outro por 100000 dollars o outro disse lhe k ele nao era capaz de por mamas de silicone o outro pos e pagou lhe depois 100000 dollars foi de morrer a rir!

Feel Woman depila-te ou nome diz tudo!

portanto os homens k vao para la tem k se depilar o castello ja ha muito k nao a tem agora os outros nao sei!

Depila-te( corta a pila para kem nao percebeu)

Isa disse...

Pelo site cheguei à conclusão que será mais um evento prás tias e dondocas destes país. MULHERES a sério têm mais o que fazer! Bom mesmo pra essa bichona do castelo branco e comitiva. Temos pena...

ATuca disse...

Ora cá está uma bela questão…

Qual é o público-alvo deste evento?
Quanto custa o bilhete? Ou é como nas discotecas, “mulher não paga?”

Feel Woman vai-nos reduzir a roupa, maquiagem e festas onde a comum da mulher não tem acesso?

Bem, já que se trata de um leque de mimos para nós, pergunto que tipo de serviços e que marcas estarão presentes.

Ps: Uma beijoca para o Alvim.

Anónimo disse...

já não há paciência para este "Morto Vivo"...

desaparece...

a estupidez no seu melhor!

desculpem o desabafo, mas tou tou farto dos comentários deste anormal!

Silentvoice disse...

Sim, boa ideia! Criar um sitio onde nós homens possamos ver mulheres bonitas! É uma boa iniciativa!
Ou homem não entra?

Anónimo disse...

Tão Freudiana essa senhora, não?!

Anónimo disse...

Que grande treta

Anónimo disse...

os homens pensam mais em sexo que as mulheres, devido a essa dicotomia quantidade/qualidade.
Já que nao temos tanta qualidade temos que ter mais quantidade, dai estar-mos constantemente a pensar em sexo. lol

Anónimo disse...

Dê-lhe na cabeça Luísa (ao Alvim), concordo totalmente consigo!

Partilhar os homens....treta!

Maria

Anónimo disse...

Sodona Luísa,

Obrigado por essas palavras. Pensei que fosse o único a pensar assim (embora só tendo 25 anos). Contudo, verifico com alguma tristeza que as raparigas/mulheres de agora também não parecem procurar a estabilidade ou felicidade a médio/longo prazo. É tudo uma questão de alimentar o ego o mais possível até não poder mais. E mais, conseguem ser tão ou mais "homens" do que muitos do sexo fálico.
Não me parece saudável viver como se fossemos durar para sempre (a nível pessoal e profissional). Quando se lembrarem de dar valor às coisas que de facto importam pode ser já tarde demais...

B.

maria sá disse...

Já que o tema é mulheres... as "tuas mulheres", Alvim, sê sincero:

- o que é que se passa entre ti e a Raquel das notícias?

Aí há caso...

Muito amor com muito ódio à mistura.

Raquel disse...

Oh Alvim, não vais sair dai vivo!

Ana Paula disse...

Tive em Lisboa e é um embuste... só fogo de vista... é só peixeiras e sopeiras... LOL

Oiço a Castel-Branco a falar de ofertas, ofertas e o melhor que lá vi foi a parte de "shopping".

E mais nada!

Anónimo disse...

alvim mete o teu gelado na boca dela e vai-lhe mexendo na passarinha para ver o quela diz


maria critica

Anónimo disse...

Bem, mas que grande treta mesmo!!

Anónimo disse...

Tenho quase a certeza que vou gostar da minha mulher pelos próximos 50 anos, não sei é se vou conseguir aturá-la até lá (e vice versa).

Quanto às mulheres que têm participado na prova oral, estão mesmo convencidas que os homens são todos iguais? Os meus 10 melhores amigos são todos completamente diferentes, em relação às mulheres e não só.

Se acham que todos os homens encaixam nesse estereotipo (tosco, fácil de levar, inepto emocional) já pensaram que se calhar esse é apenas o padrão de homens que cada uma de vocês atrai? Se calhar falta-vos capacidade para atrair outro tipo de homens. Já pensaram nisso?

Um abraço

Rui Cubano disse...

Ser infiel para um homem não é apenas uma lufada de ar fresco rejuvenescedora mas o próprio oxigénio para reanimar velórios de relações afogadas em respeito. Aguentem-se! Viva a nossa infantilidade! Não se rendam! Viagra garante-nos fuga aos compromissos até nos apodrecerem as pernas, mas mesmo assim ainda dá, comprando-as! Pois elas não conseguem comprar homens mais novos por muito tempo, mas nós sim!... porque será?

Joparracho disse...

Olá a todos,
Só tenho duas pergunta:Porque é que existe esta feira e porque é que existe o dia da mulher? Não são elas que querem a igualdade? Namoro à 11 anos, vou casar, ajudo na casa, cozinho, arrumo, não sou antiquado mas esta pergunta impõem-se neste programa! Força Alvim!

Torres disse...

A minha namorada disse um dia: "Graças a Deus que és um Pestinha"

Ou seja depois de ouvir isto.....e sendo a minha namorada (noiva) INTELIGENTE, LINDA, MARAVILHOSA e ESTONTEANTE....como é que eu alguma vez me poderia sentir mulher?! Sou Homem e muito feliz por sinal... a minha Princesa PREENCHE-ME...gosto muito de ser a parte H da relação....não teria jeito nenhum para ser mulher....já para Pestinha tenho bastante jeito!!! :-)

Cristina - Coimbra disse...

Parabéns Luisa Castel Branco pela grande lição que está a dar ao Alvim.

Ele parece ser daqueles que na rua manda ele e em casa cumpre ordens...

Alvim, tens muito para aprender ainda sobre as mulheres...

Beijos para todos

Anónimo disse...

Não podemos esquecer que as diferenças entre projenitor e progenitora tambem nós as temos, e isso não há educação que modifique.

Ricardo Fernandes disse...

Estou a ouvir desde o início e fico escandalizado com a posição não feminista mas sim anti-machista que muitas mulheres têm. Espanta-me que, com toda a inteligência que há neste mundo as mulheres ainda não tenham percebido (ou pelo menos não o transmitam) que os homens são diferentes. Se há casos em que são umas bestas, também há aqueles (como o senhor que estava casado há 47 anos...) que têm princípios e não se portam como o estereótipo do homem comum: como uma besta!

É bom não esquecer, também, que também há mulheres que cabem no estereótipo do homem comum, levando as relações como brincadeiras e prestando alguma atenção apenas àquelas que são sexuais.

Conclusão da minha mensagem: não estereotipem os homens pois essa é uma atitude errada e pouco erracional; pelo contrário, saibam escolhê-los e não liguem àqueles que se portam como bestas. Sim, eu não sou um deles e sinto-me lesado pelas afirmações.

Ricardo, um "gajo" preocupado com a força mal-direccionada da FCAM (Frente de Coligação Armada das Mulheres)


PS: em relação ao evento, concordo que haja também para homens... e sem shows de strip, para não poder gerar críticas...

Rui Cubano disse...

Quando andavamos a caçar Mamutes e a morrer que nem tordos a defender as grutas ninguém das mulheres se queixava... ou grunhia!

Uma peúga fedorenta espalhada pela casa é um dos últimos sinais de territorialidade que nos resta! E quando elas as apanham é um sinal de fertilidade, no fundo trata-se de uma dança erótica pura.

Pedro disse...

Boa tarde
Concordo plenamente com a ideia que o homem não deve "ajudar", deve ser parte integrante.
Mas respondam-me por favor uma coisa.
A que brincavam vocÊs com as vossas mães quando era novas? E a que brincavam as vossas mães com os vossos irmãos?
Às casinhas? Brincar a cozinhar? Brincar a arrumar a casa?
Se as mulheres adultas são supostamente melhores nas lidas domésticas, é uma razão genética? Ou foi ensinado na infância, não acontecendo o mesmo aos homens?

Anónimo disse...

Só para dizer que os homens secalhar não telefonam hoje porque esse programa não está a fazer sentido. E essa convidada é uma tristeza.
Essa mulher cheia de traumas que nunca está disposta a perceber outras coisas e evoluir no seu pensamento...

Que triste. Mesmo!!

De resto o Alvim prova ser um bom ser-humano. Pelo que teve pela filha dela e pelo respeito que tenta mostrar a esse ser que está aí hoje.

Boa sorte a todos!

Anónimo disse...

Que discurso mais estereotipado.
Antes de sermos homens ou mulheres somos todos pessoas, por isso vamos respeitar-nos uns aos outros.

Agora se o que dizem e verdade, só me pergunto porque e que elas os aturam ?
Ou melhor, porque e que uma pessoa "atura" outra na qual vê muitas coisas de mal.
Quando falo de coisas refiro-me a valores (ma/boa pessoa, não respeitar/respeitar, ... ) e não ao nível de maneiras de ser (mais/menos limpo , ...)

Pedro

Pedro disse...

Ora vamos lá ver, essa história dos Homens serem os "donos do mundo" durante muito tempo. Isto é, não mais do que uma ideia que está vulgarizada mas historicamente incorrecta. Em milhares de anos de existência houveram mulheres imperatriz, faraós, e hoje em dia até se vê uma mulher a concorrer para presidente dos EUA :P . Quanto à atitude dos homens em casa, na minha opinião isso não depende do sexo mas da educação, tanto em casa, como a educação que a sociedade transmite a um dado individuo. Hoje em dia, a educação dos rapazes é diferente das raparigas, em termos de estrutura social, o rapaz é muito mais incentivado a projectar-se no desporto, enquanto que a rapariga é mais incentivada a projectar-se em áreas de conhecimento. Se os talibans morassem aqui, não eram terroristas, tudo depende da educação. HEHE. Por isso é que acho que é muito mais fácil uma rapariga chegar a um curso superior. Atendendo ao assunto inicial, concordo com feiras para mulher, porque eu mesmo acho que a nossa sociedade está virada para o consumidor homem em muitos aspectos.
PS : Deixem o Alvim em paz :P hehehh

Jorge disse...

Alvim,

as gajas hoje em dia são muito espertas... valorizam aquilo que fazemos para voltarmos a fazer.

Avisa os homens do que está a acontecer!

Força ALVIM

Abraço

Anónimo disse...

http://site.ru - [url=http://site.ru]site[/url] site
site

Anónimo disse...

After your application gets approved, you will get the exact amount centres/sites that offered monthly, and this is slightly hard to do. Loan providers supply this bank loan without task any that were financial desires financial that have any urgent without taking any security from the consumers. Concurrently, you'll be entitled to most of the advantages relating to the government loan. fast same day loans Furthermore you do not have much amount of time bad credit appraisal of creditworthiness is often a confirmation on the loan guarantee.