quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Talento & Marketing



Para lá da logística que envolve a organização de um evento, o seu sucesso depende deveras da maneira como é divulgado e do alcance dessa divulgação – ok, não é muito original dizer isto, mas é um facto. E tem muito que se lhe diga: é preciso experiência, um conhecimento profundo do mercado e dos públicos, para não andar a promover batatas numa associação de ferrenhos comedores de favas (sim, toda a gente sabe como os comedores de favas são teimosos).

E é sobretudo nesse campo que actua a Talento. Estiveram ligados ao Historic Festival do Estoril (2003) e ao Circuito da Boavista (2005 e 2007) e têm sido responsáveis pela publicação do Anuário de F1, só para dar alguns exemplos.

Filipa Diniz, Directora de Marketing da Talento, mais as suas pupilas Joana Forjaz e Sara Leal (a benjamim do grupo, com apenas 25 aninhos, valha-me deus) vão estar connosco hoje para falar da sua actividade, da sua formação, das oportunidades profissionais desta área, da inspiração versus transpiração, dos segredos de uma boa campanha, dos erros das outras, de como captar um patrocinador e do Seminário de Marketing de Eventos denominado Events' Marketing Experiences que vão realizar no Porto dias 5 e seis do mês que vem (e sobre o qual podem encontrar informação aqui).

Os nossos ouvintes que, por variadíssimas circusntâncias, andem ou tencionem andar por estas lidas, sejam eles organizadores de torneios de chinquilho, bisca lambida, estudantes de marketing ou meros curiosos, podem e devem, via 800 25 33 33 e caixa de mensagens do blogue, partilhar experiências connosco e, perguntando, usufruir da dos nossos convidados. É a partir das 19, com Fernando Alvim e Cátia Simão.

14 comentários:

JoanaRSSousa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JoanaRSSousa disse...

Olá a todos!
Já fiz parte de um movimento associativo e tive a meu cargo a organização de alguns eventos.

Até os jantares de trabalho (de Natal, por exemplo) podem ser uma forma de colocarmos «experimentar» a organização de eventos. E às vezes com poucos recursos e muita criativdade acabamos por fazer algo diferente e que marca a diferença juntos dos amigos e colegas.

Beijinhos da Joana dos Chapéus

Célio Moreira disse...

Boas tardes! Sou um técnico de informática com especialização em desenho assistido por computador e neste momento sou o responsável (pausa com suspiro de desagrado...) pela publicidade de uma empresa de mediação imobiliária! E vocês perguntam: "O que tem isso a ver com o tema de hoje?"... Muito fácil! Imagino que seja frustrante para as pessoas que organizam eventos ao fim de tanto trabalho, levarem sempre com alguma crítica! Daquelas que fazem doer como um "cachaço" no pescoço... Deviam ver a minha cara depois de fazer 50000 panfletos de um empreendimento, andar pessoalmente a distribuilos pelos pára-brisas dos carros e caixas de correio, e po fim quando vou mostrar as moradias toda a gente aponta defeitos! Por isso estou solidário com os "organizeiros"! P.S.: Gostava bem de conhecer essa Sara Leal... Também em faz suspirar! Ah, Alvim! Não me arranjas um emprego para as minhas qualificações na zona do porto? Agradecia-te! Pagava-te uma francesinha... Bye Bye...

Marlene disse...

Olá

No meu trabalho tenho que fazer a divulgação das actividades que temos, concursos, passeios pedestres, exposições(sempre de sensibilização e educação ambiental), e acho muito complicado chegar às pessoas! Os cartazes afixados, ninguém vê e eu não sei como divulgar as actividades... este ano estamos a publicar num blog muito visto pelas pessoas da ilha, vamos ver se resulta.

Para além disto tenho muita dificuldade em sensibilizar as pessoas para as causas ambientais, queremos fazer uma campanha para reduzir a utilização de sacos de plástico, tem alguma ideia para mim?

Obrigada

LAPAROTE disse...

Oi Alvim,

Eu já fiz parte da direcção da afamada coletivide SERUL de Leceia (onde tu, Alvim, já estiveste a fazer o perfeito anormal), e devo dizer que o evento que me de mais gozo organizar foi o torneio de chinquilho. Gastámos todo o orçamento disponível para o evento, comprámos malhas e pinos novos, 7 grades de minis, cortámos as ervas do terreno, efim....estava tudo preparado.

No dia marcado choveu...o que quer dizer que não se pôde realizar o torneio.

Como tínhamos muits incrições, tive que aparecer logo com uma alternativa...e eis que surge a ideia do ano: vamos fazer um torneio de sueca indoor, com minis e borla para todos.

Digam lá que não há talento nesta cabeça...

abraço do LAPAROTE

John Stick disse...

Boas....pelo que parece...lol...acho que o segredo para uma divulgação é colocarmo-nos no papel do publico alvo...saber o que queremos e o que nao queremos, o que gostassemos q fosse feito e de que maneira poderia ser feito, ou seja, temos que estudar previamente cada situação, porque nem todos somos iguais e nem todos pensamos da mesma maneira...logo ao colocarmo-nos no papel do publico alvo, poderemos ter uma melhor divulgação e abranger um maior numero de pessoas!

Anónimo disse...

Olá Xana, olá Alvim
este tema é fantástico, porque no fundo o marketing não é mais que de forma técnica tentar convencer os outros, deixando ao livre arbítrio deles serem convencidos ou não.
hoje até para engatar é preciso marketing. mas o que é engraçado é que continuam a achar a maioria das pessoas, que o marketing é enganar. bem pelo menos a prova oral tem uma coisa excelente, tem um dos maiores marketeers de si próprio - el grande Alvim.
um abraço
JB

Anónimo disse...

Olá a todos,

Dizem que a vida vai mal, mas não é para todos.

Para quem estudou marketing, e não conhece as pessoas certas nos sítios certos, a vida não está nada fácil.

A minha mulher, antes de se licenciar em Marketing, ganhava mais, e tinha mais facilidade em arranjar emprego, do que agora que passou 4 anos a investir nas suas qualificações.

A maior parte das oportunidades para quem estudou Marketing são trabalhar na área são para call centers e televendas, e isso não é marketing. Além disso, as tais "oportunidades" são remuneradas desde 5Eur por dia (sim, 5Eur por dia, com a desculpa de se chamar estágio) até qualquer coisa como 700Eur (com sorte), passando pelo ordenado mínimo nacional (que é muito comum).

Alternativas: inscrever-se num partido político, daqueles que a cada 4 anos cuidam dos seus.

Obrigado e continuem.
--
VC

Anónimo disse...

Oi Alvim!
Um coisa fora do contexto:
Qd fores a EIRE (Irlanda) desmitifica-me lá este curiosidade:
No dia St. Patrick, qm não levar uma peça de roupa verde leva uma gentil 'mini'-sova?
obrigado e de volta ao programa de hoje...

Anónimo disse...

Boa tarde,
Sou ouvinte da prova oral, e o tema de hoje interessa-me completamente. Sou uma recem-licenciada em Gestão - Ramo de Marketing e é impressionante como nesta era em que o marketing é chave do sucesso de qualquer negocio é tão dificil que nos abram uma porta para conhecer e aprender esse fascinante mundo.
Sou uma apiaxonada pela Organização de Eventos, participo na organização de um certame no Algarve e pretendia saber o que as convidadas de hoje dizem a respeito da formula para o sucesso de uma feira de artesanato regional no Verão, será que o sucesso passa só por uma mostra de qualidade e um bom cartaz? Temos feito todos os esforços mas acho que nos está a escapar algo.
Um grande beijo para a equipa da prova oral.
Atenciosamente,
Tânia

volumes disse...

Boa noite a todos,

em relação ao tema de hoje, eu já fiz parte de uma organização que fazia um a dois eventos tecnologicos (Lan-Party) por ano entre 200 a 300 pessoas (com computadores e afins), e durante o resto do tempo ajudavamos outras pessoas na organização/divulgação de outros eventos, desde a elaboração de flyers, cartazes, etc. O forte mesmo neste caso era noticias nos foruns e sites da especialidade onde tinhamos contacto directo com o publico alvo.
Passava tambem por parcerias com juntas de freguesia da área a empresas do ramo informático.
A divulgação é mesmo o essencial e bem vocacionado.

Gostava só de dar uma opiniao e os meus parabens, á Super Bock e á Optimus, pois a meu ver em Portugal são das melhores empresas que melhor marketing efectuam em Portugal desde a Spots publicitários, etc, como toda a gente conhece. :)

Com os melhores cumprimentos,

Rui

Helena disse...

;) Eu sou a Preguiça...


Quem diz que bonecas são feias????

:P
eu sou linda

lady_blogger disse...

Quem quiser uma publicidade on-line eficaz, ecológica e melhor direccionada para o público alvo pode contactar-me através do meu e-mail: firstbloggerlady@gmail.com

A nossa empresa terá todo o gosto em demonstrar os benefícios de quem contratar os nossos serviços.
Actualmente trabalhamos para clínicas e imobiliárias, mas aceitamos dos mais diversos ramos de actividades.

Rentabilize os seus investimentos em publicidade. Conte connosco!

Anónimo disse...

Boa tarde!
Por favor, digam à Ana Bola que precisamente por ela ter a temperatura baixa é que não tem frio. O bom é que suportará muito melhor os Invernos e o tempo frio do que o Verão porque a diferença da temperatura do corpo é maior.

Marisa