terça-feira, fevereiro 19, 2008

Uma emissão enriquecedora



«Está farto de ter horários, seguir rotinas, chegar ao fim do mês sem dinheiro na conta, de gastar mais do que ganha? Quer pagar menos impostos, melhorar a sua relação com o dinheiro, ganhar a sua independência financeira, em suma, ser rico? Aitor Zárate, conhecido especialista em fiscalidade e formador da reputada ESIC – Escuela Superior de Ingenieros Comerciales, em Madrid –, partilha consigo todos os truques e segredos que os ricos sabem, mas não contam, para que consiga mudar de vida. Ao longo destas páginas, Aitor Zárate conversa com o leitor de forma a, passo a passo, lhe ensinar tudo o que precisa de saber para transformar a sua forma de pensar.»

O livro chama-se O que os ricos sabem e não contam (edição Esfera dos Livros) e o autor, Aitor Zárate, vai estar hoje connosco... para nos contar. E é caso para perguntar: Aitor Zárate, sendo mestre nestas tramas todas, é rico? Pelo sim pelo não, há que ir buscar o rolinho de notas presas com um elástico que têm debaixo do colchão, dentro da lata dos chocolates ou atrás de um azulejo falso, colocar as questões certas ao nosso especialista, via 800 25 33 33 e caixa de mensagens do blogue, e, mal finde o programa, ir a correr investir, porque isto a vida são dois dias – e, já agora, se tiverem algum esquema mirabolante que tenha resultado e quiserem partilhá-lo connosco... É a partir das 19, com Fernando Alvim e Rita Amado.

24 comentários:

psycologo disse...

Se os ricos sabem e não contaram, como é que o convidado soube?
Quanto a mim não tenho nenhuma ambição em ser rico, só nos trás chatices. Compramos um carro de luxo(vulgo, uma bomba) e andamos sempre preocupados se nos furam os pneus, o riscam, ou o roubam, enquanto tomamos o nosso cafézinho. Acho que a melhor forma de ficarmos ricos está na corrente artística agora em desuso que é POUPAR. Depois? Depois gastamos o dinheiro suficiente para satisfazermos pequenos luxos, uma estada mais demorada num país paradisíaco, um cruzeiro, etc.
Em suma, a riqueza só nos dá dores de cabeça.

Anónimo disse...

Ricos...
Não existe maior riqueza do que viver a vida, que vai muito além do mero existir.
Eu sou rico, tenho:
uma mulher que adoro
emprego e muito trabalho
empréstimos para pagar
e uma "boa" garrafeira para partilhar com quem gosto.

Os amigos são a maior de todas as riquezas...

mamuka

Anónimo disse...

Ricos...
Não existe maior riqueza do que viver a vida, que vai muito além do mero existir.
Eu sou rico, tenho:
uma mulher que adoro
emprego e muito trabalho
empréstimos para pagar
e uma "boa" garrafeira para partilhar com quem gosto.

Os amigos são a maior de todas as riquezas...

mamuka

quarenta e dois disse...

Boas,

eu continuo a achar que a melhor forma de ganhar dinheiro é alugar um qualquer apartamento e miná-lo com carcaças de leste e/ou gado sul-americano. Este negócio tem tudo p dar certo: custos reduzidos (publicidade no Correio da Manhã e um tlm para receber chamadas) e é limpinho de impostos! (não estou a ver ninguém a pedir ao contabilista para incluir esta despesa na escrita!(a não ser que ele também tivesse ido às p....!). Refira-se que quanto maior for a tipologia do imóvel, maiores serão os proveitos!

1 abraço!

Binas disse...

Boas pessoal!
Cá está mais uma técnica dos ricos para tramar os pobres de ascenderem à sua posição. Esses livros são feitos para nos iludir. Mas se isso for tudo verdade, recomendem o livro ao Markl. Pobre homem... Tudo lhe acontece!PS: Recomendem-lhe também uma consulta à bruxa! Abraços

pita disse...

Nunca consegui fugir ao Fisco.... ele corre mais que eu.

Mary Jane disse...

"Segundo a Forbes, os bilionários têm uma média de idades de 64 anos, sendo
que 29 têm menos de 40, 68 são mulheres e apenas 26 são solteiras. O
bilionário típico trabalha em média doze horas por dia."´
Eu talvez só queira ser milionária, trabalhando 12 horas por dia como se goza os biliões???
Não é que o Bill Gates (eu é tu cá tu lá com o Billy),que tem uma fortuna de cerca de 50 biliões de dólares se, por capricho, deixasse agora de ganhar dinheiro e começasse a gastar
um milhão de dólares por dia, não viveria o suficiente para esbanjar toda a
fortuna.
Se ele precisar de contratar alguém para gastar por ele, estou aqui!!!

Um fuorte abraçuuu

El Xupa Cabras disse...

E umas dicas para nos tornarmos ricos??? Se não ricos pelo menos que faça com que não gaste mais do que ganho! E não me venham com essa história de poupança....

Anónimo disse...

Eu não queria ser rica...mas é o sonho do meu namorado!...E eu realmente gostaria de o ver feliz!!!! Alguém tem uma ideia???
Fátima Pereira

Anónimo disse...

Todos queremos ser ricos, todos queremos ter mais e mais. Somos de uma ambição desmedida, mas quanto toca à saúde/morte todos somos insignificantes. O poder não é aquilo que o dinheiro nos dá, o poder é aquilo que a liberdade nos pode dar.

Anónimo disse...

qual a plataforma que ele usa para os futuros? tem simulador ? Jorge teodoro

Anónimo disse...

boa noite a todos,

tenho uma pergunta,

porque e que o convidado diz que nao gosta de fundos e so aposta em futuros ?

o que e que ele tem e dizer de investir a longo prazo (40 anos) em fundos. Tendo em conta que a nivel historicos nos ultimos 50 anos, em media, os indices tem subido mais que a inflacao ?

Abraco e obrigado "pelo" programa,

Pedro

Anónimo disse...

concordo em tudo o que esse espanhol está hablando, sou trabalhador longe da area financeira, mas sempre estive atento ao mercado das accoes, não ligo muito a isso, mas o certo é que vou sempre passar férias á pala das acçoes.
cumprimentos á equipe da prova oral.

quarenta e dois disse...

Boas outra vez,

Ó Alvim, essa ideia da funerária é soberba! Posso ser teu sócio numa joint-venture do tipo:´
Éu vendo bandeiras dos Estados-Unidos da América no Iraque (é a minha outra ideia milionária!) e discretamente incito à violência!
Tú apareces +- 1/2 horuta depois e é só facturar com a funerária "Carrega-Rosas"!
ããh?? Nada mal! Báláber sócio!!

Anónimo disse...

qual o contacto dele tenho uma ideia genial mas não tenho $$$$ o meu contacto é

jorge_teodoro@portugalmail.com

André Duarte disse...

ALVIM, EU COM 17 ANOS JA GANHEI 3000 DOLARES em 2 MESES NO GOOGLE!!! COM O ADSENSE!!!
PROCURA NO GOOGLE!!!!
ADSENSE!!

Anónimo disse...

penso que ser rico é uma verdadeira fantasia...que não passará disso mesmo...

Anónimo disse...

boas... como se espera 1 queda das bolsas devido a futura crise financeira dos estados unidos... acha que agora é uma boa altura ou mais vale começar a escrever livros demagógicos....

Anónimo disse...

Gostaria de saber qual o contacto que poderei utilizar para conseguir falar com o convidado Aitor Zárate. Finalmente uma luz no fundo do tunel!!! Tenho algumas ideias e acredito que são bastante interessantes e gostaria de poder falar de algum modo com o convidado. por favor!!!

Anónimo disse...

Boa tarde!
Gostaria de saber qual o contacto que poderei utilizar para conseguir falar com o convidado Aitor Zárate. Finalmente uma luz no fundo do tunel!!! Tenho algumas ideias e acredito que são bastante interessantes e gostaria de poder falar de algum modo com o convidado. por favor!!!
o meu mail é jac999@gmail.com

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lady_blogger disse...

Olá "Leonor".

Vi-te hoje no "Entre Pratos". Eu também gostava de ir a esse programa.

Relativamente ao post de hoje sobre o que os ricos sabem e nunca contam, acho que já vi isto numa qualquer campanha de Adwords.
Quanto a mim quem sempre foi rico não sabe como se tornar rico, só quem foi pobre pode falar com conhecimento de causa.

Eu não tenho a solução para enriquecer da noite para o dia, mas tenho uns blogs e sites em que incentivo à poupança.

Alvim, aparece no meu blog tudoportudo.blogspot.com para veres uma resenha que fiz há instantes da tua passagem pelo "Entre Pratos".

Beijinhos e bons programas radiofónicos e televisivos.

heterocedastico disse...

Olá Alvim!

A primeira coisa a fazer para se ter estabilidade financeira é fazer um orçamento mensal/anual de gastos e ganhos (tal como as empresas fazem) e garantir que temos superávites e não défices como o nosso estado recorrentemente apresenta. Depois, o segredo é poupar e investir bem. Investir passa por obter taxas de rentabilidade de 10%/ano. O activo que no longo prazo, em média, providencia essas rentabilidades são as ACÇÕES. É o melhor activo para se investir.

Grande Abraço

herbalife disse...

as oportunidades andam aí... ou não as vemos ou olhamos e achamos que não é para nós...