segunda-feira, junho 18, 2007

Relações fortes



Esta semana será toda dedicada a, digamos, relações humanas intensas. E vamos começar com a apresentação de um espaço que a maioria de vocês, aposto, cidadãos tributáveis, não costumam frequentar muito – que quem vos tira a bica e a cervejinha tomada no snack do costume, tira-vos tudo. Francamente, isto em pleno século vinte e um. Pois há que variar, ver outras caras – e não só as caras, mas outras partes do corpo igualmente interessantes e expressivas.

Apresento-vos, então, o Bizarre Fetish Club, «um novo espaço da noite lisboeta, ousado e atrevido num ambiente fetichista que pretende quebrar tabus e agitar consciências». Continuando a nota de imprensa:

«O Bizarre Fetish Club pretende levar as práticas fetichistas e alternativas e os seus amantes a saírem do seu mundo fechado para um espaço aberto e descontraído, aberto a todos onde enquanto se conversa e toma uma bebida ao som da boa música alternativa , ou house , e se pode assistir a espectáculos de Bondage e BDSM. Mas o Bizarre não se fica apenas pelo mundo BDSM. Despedidas de solteiro(a), festas de aniversário, shows de dança do ventre e ainda um dia dedicado à mulher com shows eróticos só para elas, completam o leque de ofertas. O Bizarre Fetish Club encontra-se aberto aos fins de semana, das 23 as 05 da manhã.»

Vão falar-nos deste espaço e do que se lá pode fazer – e comer – três dos seus criadores, Carla Sousa, Bruno Pereira e Pedro Lemos; e contamos com a vossa curiosidade para dar... digamos, pujança à conversa: perguntas, comentários, crónica das visitas que tenham feito a espaços alternativos assim, alternando entre conversas, dois dedos aqui, dois dedos acolá, etc., via 800 25 33 33 e caixa de comentários do blogue.

A partir das 19, com Fernando Alvim.

44 comentários:

Ana Mourato disse...

Olá a todos...

Como todos sabemos, Portugal ainda está muito fechado a tudo o que tenha a ver com sexo, fantasias e até as coisas eróticas. E se entrarmos um bocadinha adentro por portugal, então meus amigos é a desgraça....
Na minha opinoão primeiro ha que "abrir" as mentes de portugal inteiro sobretudo da juventude que ainda se choca com muita coisa, ha muito bom moçinho/a qua ainda fica a olhar de boca aberta para casais homosexuais, e depois criar espaços não só nas capitais que possam ser frequentados por quem o entender.

Lord Spencer disse...

Ainda vem por aí o xeu Provedor e vai tudo preso...

Bocage disse...

Acho muito bem.
Amarram-se a um poste e pimba.
Se eu pudesse já tinha amarrado umas quantas...

El Xupa Cabras disse...

Ora ai esta uma aposta de sucesso, mas só por ser em lisboa! E mm assim acho que deverá demorar algum tempo até formar uma Boa casa e ser rentavel! Mas, é um bom começo.. tal como a uns anos as Sex Shops era um tabu para muitos e acabou por ficar mais banalizado, pode ser que esse espaço também fique.

Abraços e parabéns aos donos do espaço por serem arrojados.

Anónimo disse...

bem hoje o tema é extremamente interessante, visto que existe uma necessidade extrema de abrir a mantalidade dos portugueses em relaçao ao sexo, principalmente as mulheres portuguesas...é que elas hoje em dia falam falam falam e depois na hora da verdade nao fazem nada!! imaginem so isto:
tass na cama e tal, ambiente kente, excitaçao la em cima e tass numa de sexo anal...pronto é a desgraça, pois la começa ela com as coisas...ai nao q faz doer...e perguntamos nos, ja fizeste anal?...e ela nao nunca fiz...respondemos nos, entao como sabes q te doi caralho???isto e mt mais e que deve ser mudado na mentalidade das mulheres portuguesas!!!

viva o sexo, vivam as mentes abertas!!!
akele abraço alvim

Anónimo disse...

Olá Alvim!
Comecei a ouvir o teu programa por recomendação de um amigo… (Obrigada pela dica Fernando) Que te classificou como “Um granda maluco”…
Esta semana vou ser uma ouvinte ainda mais assídua, pois com esses temas…
Adoro tudo o que tenha a ver com sexo… sem tabus e de pertencia com muita imaginação pois uma pedra de gelo ou lenço a vendar os olhos podem despertar os teus sentidos e fazer toda a diferença….
Boa semana e obrigada pela boa disposição
Marta

Anónimo disse...

ah outra coisa alvim vou estar atento a ver s falas da grande noite de 6feira e da recepçao que tiveste antes de ires para o maraus!!!

VITORIA ATE MORRER!!

ass: Tone maluko

Anónimo disse...

ó alvim apresenta-me la essa jovem marta que ecreveu 1 comentario!eu "tou afim" de lhe saltar pa espinha cheio de fetiches e algemas e espartilhos de cabedal e tudo o que ela quiser mais(chicotes não que doi 1 bocadinho!)

Anónimo disse...

É IMPRESSIONANTE mas sempre que se fala em sexo, há sempre um homem bem radical e prá-frentex que diz que as mulheres continuam retrogadas e pouco arrojadas. E DESDE QUANDO É QUE VOCÊS HOMENS SÃO OUSADOS E PORREIRAÇOS COMO DIZEM? JÁ ALGUM DE VOCÊS FOI PARA A CAMA COM OUTRO GAJO SÓ PARA DAR PICA A UMA MULHER? O tanas, amiguinhos. Isso aí, já não vale, não é bebés??? Poupem-me. Acho que ainda somos nós que vamos dando um brilho ao vosso "trivial poursuite". Beijinhos e atrevam-se mais em vez de se queixarem. tanto.

André Couceiro disse...

Saudaçoes Couceiristas.

Antes de mais queria dizer que aqui está a prova de que na prova oral, os ouvintes acabam sempre a falar em sexo, sim em sexo, como diz no vosso jingle.
Sobre os fetishes, penso que toda a gente tem pelo menos um , e nao vale a pena negar, seja com pessoas mais velha, chicotes, algemas, até conheco pessoas que se excitam a ouvir a máquina de lavar roupa. Eu pessoalmente, gostava de ter mais que uma mulher na cama, fetiche muito vulgar, este... Mas dá-no (aos homens) uma sensação de poder, ao ter duas mulheres comnosco na cama...

Fiquem bem. Abraços para o Alvim e para a tal pessoa que foi á cavalgada para o abismo.

BlYzErD disse...

sexo e komo a a agua sem ele nada importa.....os tugas ainda tao mt fexados em relaxao a estema

Anónimo disse...

eu tenho o fetiche de de fazer sexo anal com 2 moçambicamos!

André Couceiro disse...

Leiam o meu koment... Por favor...
Para impressionar a minha companheira, para que ela me autorize a levar uma amiga dela para a cama... é o que está a cima.
Obrigado.

definitivo disse...

Boa noite, Alvim - não, não me enganei no blog, é que, com este tempo, já parece noite -, pergunta-me aí a esses bacanos se eu, por exemplo (atenção! eu disse por exemplo), for ao seu estabelecimento e me apetecer fazer uma experiência do género, "apanhar no cu", se saio de lá a saber que me descobriram o "ponto G".
Explicando, um caramelo qualquer que entre num sítio desses e que nunca tenha pegado de empurrão, pode sair de lá a saber que, tal e qual uma gaja, também tem o dito cujo, o "ponto G"?

Abraço, capitão.

Liliana disse...

As nulheres não são mais retraidas! Simplesmente a maioria não fala disso. Eu no mês pessada realizei uma das minha maiores fantasias. Falei com um amigo intimo sobre o meu fetiche de estar com dois homens, e na noite seguinte lá estava eu no meio de uma louca aventura... Se as paredes de minha casa falassem. UII... experiência para lembrar e repetir...

moby disse...

Alvim... és o maior! ;)
Continua força... vou tentar ser mais rico em comentários no futuro! lol!

Delvanzan disse...

Sexo é grupo é a loucura total. Já tive varias oportunidades de fazer, não em Portugal mas na Polónia. Ainda não realizei todos os meus fetiches, mas não me faltam muitos ;)
Uma delas foi num chuveiro, era-mos 4...

uxxu disse...

Olá a todos,
No que me toca posso adientar que consumo pornografia, uso brinquedos sexuais com bastante frequencia e gosto de sexo anal desde que o parceiro não esqueça a atenção que deve dar a outras zonas :o)) Sou gaja e não sou diferente das outras.
Visitei o salão erótico no primeiro ano que veio a Lisboa mas ficou aquém das espectativas. Esta semana de prova oral vai ser decisiva para me levar de novo a esse evento... ou não.
Cumprimentos para todos.

Luis disse...

Ola :)

Por falar em pornografia, fala-se muito da geração de hoje que está "perdida" mas é incrível as coisas que se vão buscar ao passado.

Em arrumações à arrecadação, encontrei dentro de caixas um sem número de revistas de banda desenhada pornográficas propriedade do... meu pai. (já falecido entretanto)

Quem diria que numa respeitável família de valores católicos com 3 filhos, haveria alguma pornografia que não revejo minimamente nos interesses mais reconditos da minha mãe que, a dado momento, terá "partilhado" a dita pornografia, presumo.

Bem, o assunto será para sempre tabu mas a curiosidade estará sempre presente. Quem seriam os meus pais há 30 anos atrás?!?!?

Anónimo disse...

é como eu digo....falam falam falam e na hora da verdade nao fazem nada!!!

Carlos disse...

Fetiches, sexo, mulheres, ta tudo interligado, é precios é mudar a mentalidade dos portugueses em relaçao ao sexo, não é só as mulheres pois muitas das vezes os homens é que não sabem falar e convence-las a fazer aquilo que desejamos, mas não nos podemos esquecer que elas tb gostam destas coisas e se houver entendimento e abertura tudo pode acontecer.
Não concordo quando dizem que as mulheres não fazem, porque elas até fazem e gostam de fazer nos é que temos de aprender a seduzilas.
Vejam alguns conselhos na minha Sex-Shop online www.naonda.com.pt
(fica em Barcelos onde até ha bem pouco tempo não existia nada) mas eu vou mudar isso.
Um Abraço para todos
Carlos Alves

Anónimo disse...

Boas malta!!!
Tudo bem?


Em primeiro lugar, gostava de perguntar ao Alvim, se lhe dói quando pratica anal.

Hehe ;)

Em segundo lugar, quem não se lembra de nenhum filme porno, é totó!!!!
Que tal o garganta funda? Hum hum?? Que tal??!!! Melhor de todos os tempos!!

Nunca tive uma noite de gloria, mas tive uma grande tarde de gloria, montei a minha ex 6 vezes!!! Agora ela é que não me pode montar!
Quanto ao anal, é fixe e agradeço imenso á famosa ex!!!
E a primeira vez??!! Mais de uma hora para conseguir tirar agua do poço!!!! No final, virei-me para a principiante (como eu) e disse: aí isto é que é sexo??!!

MEga....Sse.....

su disse...

Bem....estava a fazer a depilação qdo começou a prova oral!e sinceramente deu-me vontade de rir.Fetiches????Hummmm....eu gostava de acertar com ananases no dito cujo, tipo tentar colocar rodelas de ananases afastada da cama!!!Temos cobaias?

Anónimo disse...

grande liliana!!!! da-me o teu contacto!!!

Delvanzan disse...

Com menos risos e menos palhaçadas talvez a conversa fosse mais interessante e os ouvintes podiam levar mais a serio os convidados e tu, Alvim.

Anónimo disse...

alvim diz a essa menina que escreveu no blog que se quer dois homens na cama que eu alinho desde que ela esteja no nosso meio...va la bébé nao sejas cortes:) e deixa o teu contacto!!!

Ana Mourato disse...

Muita atenção!!!!!!

Antes de iniciar qualquer prática sexual, independentemente de se conhecer muito ou pouco a(s) outra(s) pessoas, devem todos ter interiorizado o uso do preservativo. Caso contrário pela "vossa saúde" não pratiquem sexo, porque não acontece só aos outros, aos toxicosdependentes ou homosexuais.

Anónimo disse...

o maior fetiche que realizei foi experimentar sexo anal em cima da secretaria do meu chefe!foi tam bom!dava o testiculo direito por outra oportunidade!

uxxu disse...

cala a boca dessa gaiata

Debora disse...

Olá a todos!

Alvim, sempre a trazer Pimenta à Prova Oral! :)

Eu tinha uma questão para os teus convidados:

O que é q eles acham que os distingue das outras pessoas ditas "normais", que não vêem necessidade de frequentar clubes etc?

Isto é, eu tb tenho fantasias, como acho q td a gente tem.. mas daí a sentir necessidade de me rodear de pessoas q tb sintam isso.. Ou até q vivam esse modo de vida de uma maneira mais extrema, já é outra história..

Vcs acham-se normais?
(entendam esta abordagem sem qualquer preconceito, por favor..)

lp032 disse...

AMERICAN PIE - NAKED MILE,
diz tudo!
neste filme qualquer pessoa tem uma situação k lhe diz qq coisa
portem-se

Anónimo disse...

Olé! A Liliana não é a unica... já experimentei com dois homens e recomendo. Tem é de se escolher bem os "intervenientes", mas desde que haja sintonia e vontade, porque não? E a ideia de que não se repete é errada... Claro que não é coisa para se repetir quotidianamente, mas é bom repetir o que se gosta e melhorar a fantasia... variá-la quer em termos de pessoas, quer em circunstâncias... é uma questão de criatividade ;)
Beijinhos de uma Minhota brincalhona...

Anónimo disse...

Alvim pergunta aí ao convidado se levar com um taipal em cima o estimula.

Catarina disse...

Se há mulheres que porventura são mais retraidas ou falam menos no assunto é devido à sociedade machista em que continuamos a viver. Não se esqueçam disso meus caros. Porém é igualmente verdade que nas gerações mais novas isso já não se nota tanto. E existem muitas mulheres perfeitamente à vontade com a sua sexualidade e fantasias.
Eu já realizei uma, de ser duplamente penetrada (embora tenha sido só com um parceiro com recurso a um vibrador). Mas está ainda por realizar a de vendar e algemar um homem (e vice-versa).E mais umas quantas. Afinal o sexo é também um campo de descobertas e de nos descobrirmos.

Fiquem bem

Anónimo disse...

Quem disse que o fetiche de ver duas mulheres na cama é um exclusivo dos homens?!

Sim, sim, confesso! Sou gaja e sonho ver 2 mulheres juntas na cama! VENHAM ELAS!

namorado disse...

boas,
Tenho um pequeno "problema" que talvez os convidados de hoje possam resolver.

A minha namorada gosta de práticas que julgo estarem próximas da dominação. Gosta que haja um jogo de sedução com alguma agressividade, pequenas palmadas, que lhe chame nomes (puta, cabra...) e até que lhe aperte ligeiramente no pescoço enquanto decorre o acto.

Eu alinho porque sei que ela gosta mas ela sabe que não está propriamente no meu top de preferências chamar "p.t." enquanto faço amor com a minha namorada nem tomar comportamentos mais agressivos.

O que fazer nestas situações? será que este fazer por prazer do outro é sustentável?

Anónimo disse...

liliana, aqui vai o meu contacto

andrefjf@walla.com

Anónimo disse...

alvim eu acho que na 6feira passada muita gaja teve orgasmos multiplos quando te viram com a camisola do vitoria vestida!!!!

ass: tone maluko

Márcio Guerra disse...

Bem, se não fosse a dificuldade em entrar em directo no programa, gostaria de partilhar, e concorrer, pelos vistos, ao prémio dos bilhetes, mas para verem se isto se enquadra nos fetiches, olhem, e decidam...

Há 2 anos, na Costa da Caparica, mais ou menos por esta hora, costuma chegar um ou mais barcos com pescado, fresquinho, e as pessoas costumam se lá chegar, quer para comprar, quer para ver. Como quem vai daqui ali, ou seja, uns 20/30 metros mais acima, estava eu com a minha pequena, simplesmente um por cima do outro, mas não simplesmente um em cima do outro. Estavamos em pleno acto sexual, com dezenas de pessoas a escassos metros, e a fazê-lo, sim, apenas nós, no meio de toda a gente, e, espero, ou melhor, penso, que, até hoje, ninguém descobriu, a não ser que eu dissesse, como a vocês, agora. Penso que nos portámos dentro dos limites do normal, talvez não seja fetiche, foi de livre vontade e sem pensar nisso, sem ser preparado, apenas interessante na hora, tal como outra situação, e eu sou benfiquista, apesar do lagartismo da minha namorada, e que se passou na minha casa nova, no dia, e hora, da famosa final da taça de Portugal, entre o Sporting e o Leixões. Esta situação, para mim, terá sido talvez, como já ouvi no programa hoje, a minha maior maratona. Estamos a falar também das 17h, de tarde, e aí, durante o jogo, intervalo incluído, foi o «vê se te avias!». Durou, durou, durou, e durou! Aqui sim, alguém ouviu, pelo menos alguém tocou na campaínha, à porta, e não fui atender, confesso, envergonhado. De referir apenas, acerca disto, que esta aventura se passou em cima da mesa da sala, com a televisão em altos berros, a menina em altos berros, eu a «ver se me aviava!», e o Sporting e o Jardel a jogarem! Bom, foi longo, foi bom, ainda hoje fazemos as nossas piadinhas acerca disso, à frente das outras pessoas, sem elas perceberem, obviamente, uma «private joke».
Para além das situações no Clio dela, na água na Figueira da Foz, na Costa, etc, bem, não sei se são fetiches, mas no laboratório de fotografia da escola onde andamos, já é! Essa passou-se há uns 3 anos, nós já namoramos há alguns, e, olhem, essa, apesar de curta foi boa, interessante pelo prazer do perigo. Situação simples de o fazer com ela presa em braços. Se vos parecer que é tanga fica na vossa opinião, eu sei o que gozei. Sei o que ela gozou.

Para todos os efeitos vou apenas assinar como Guerra


P.s.- Alvim, já participei em directo uma ou duas vezes, mas é pena não te despedires de forma decente dos ouvintes ao telefone. Senti-te um pouco rude no seguimento do programa, mas de resto, continuação e boa sorte!

Anónimo disse...

Por favor, perguntem aí se não há um club desse género no Porto?
(Pergunta a Minhota brincalhona)

;-)

Anónimo disse...

Entao Alvim, com granizo? é melhor? é mais doloroso? loool Tu n tas bem...:):)

À cerca de um mês, dois, entrei num clube destes em Espanha...Curiosidade...Pois digo-vos que isto pode ser mt divertido...Voces nao imaginam a naturalidade com que eles lidam com estas coisas...Nao ha constrangimentos...A mentalidade é outra...

Da proxima vez for lá…vou convidar-te Alvim, para "brincarmos um bocadito"...

besos

Anónimo disse...

Eu sou a rapariga que foi usada pra aliviar esse marcio guerra.

eu estava em pleno sono, roubaram-me as chaves no trabalho e depois foram fazer a guerra...

Eu sou mais retraída, pois apesar de não me lembrar do rosto, não participei no memento que era tudo para mim... a minha primeira vez...

Durou e durou, pk akele momento estava resguardado para quem eu gostar e amar... ele pode ter gozado e gozou-se bem...

Pois ainda ninguem descobriu, foi tudo planeado, dosearam-me a droga, sem saber, entraram sem eu dar por isso, e aviliou-se sem eu tb dar por isso.

Agora o meu destino é viver esse trauma... como foi a minha primeira vez ?
_ Fui violada.

Filipa
Madeira

Anónimo disse...

Sim, os alarmes na madeira subiram em flecha por isso... pois este caso foi para o ministerio publico.

Há que respeitar, apesar das mentalidades, há pessoas com sentimentos... e é grave entarr na casa alheia e abusar da filha de cada um.

Paty L. disse...

o programa de ontem foi mt interessante apenas ficou uma coisa em falta... entao Alvim, estavamos todos a espera que revelesses um ou dois fetiches teus!? fiquei triste, acho que era importante para o publico feminino, e visto que nao o fizeste podes ter perdido muito........ mais nao digo! =P
bjnhu*