segunda-feira, maio 21, 2007

Musicoterapia



Hoje vamos falar de musicoterapia com a Prof. Teresa Leite do Pólo do Porto da Associação Portuguesa de Musicoterapia - isto, a propósito do IV Encontro Internacional de Musicoterapia que, a 26 de Maio, decorrerá no Auditório do Parque Biológico de Gaia.

Dado que quase ninguém sabe o que é isto da musicoterapia, em que situações se aplica, que estudos há sobre a sua eficácia, quanto custa, onde se pratica e se poderemos chamar à musicoterapia medicina alternativa, esta vai ser uma Prova Oral de tira-teimas.

Poderei curar uma valente dor de garganta ouvindo em loop uma ária da Medeia pela Maria Callas?; um fado corridinho do Alfredo Marceneiro ajudará a baixar o colesterol?; o Last Night I Dreamt That Somebody Loved Me dos Smiths prevenirá estados eufóricos (seguido, claro, da participação eslovena no festival da canção, para evitar um sequente suicídio)?; o abuso de Bob Marley pode ser responsável por quebras de concentração e falta de memória (há médicos que defendem que depende do aparelho por onde a música entra: se exclusivamente o auditivo ou também o respiratório)?; ouvir Marco Paulo funciona como tónico capilar?; ouvir a Adelaide Ferreira e Dulce Pontes em dueto é laxante?; a Billie Holiday torna-nos mais felizes?

Perguntas e comentários via 800 25 33 33 e caixa do blogue, a partir das 19 com Fernando Alvim e Cátia Simão.

20 comentários:

kikasonline.blog.com disse...

Se ouvir Marco Paulo funciona como tónico, qual será o efeito de ouvir Zé Cabra ao acordar???
E que tal o inconfundivel som do aspirador, num sábado de manhã..., humm...?? Aiiiii....... pilha de nervos na certa =) LooL

Arcebispo de Cantuaria disse...

Acredito que a musicoterapia funcione... desde que não seja praticada com, exactamente... CD's de musicoterapia (leia-se 60 a 90 minutos de flautas de pan, flautas andinas - tipo "El Condor Pasa").

Para "criar cama de nervos funciona melhor um CD do James Last ou mesmo - para tentar adormecer - Demis Roussos (desculpa a falta de respeito para com o teu idolo, Alvim). É infalivel. Não se dorme!

Já colocar os auscultadores e ouvir do principio ao fim a obra prima "Fado Ladino" dessa maravilha musical chamada Fado Negro, isso sim, pode causar sérios sintomas de felicidade.

Abraços do Arcebispo

(mais info aqui:
http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.showvids&friendID=145524165

http://o-pino.blogspot.com/2007/05/opinio-9.html

http://arcebispodecantuaria.blogspot.com/2007/05/rosa-negra.html

Filipa RR disse...

A musica pode servir de terapia, mas também pode ser causadora de um grande estado de neeeervos...

Resumidamente, uma vez fui a uma entrevista, onde o teste "psicológico" começava na sala de espera, onde durante 30 minutos, entre quanto paredes fechada, os "testers" davam cabo da minha paciência, do meu espirito e da minha tranquilidade, com as musicas que passavam, as oscilações de volume e as melodias, todas elas escolhidas a dedo... Foi horrivel e angustiante, a todo o tempo achei q ia entrar o homem da faca pela porta a dentro, e quando descobri a coluna pensei seriamente em ir lá desligar o fio...

Foi horrivel, nunca imaginei que a suposta "musiquinha" de fundo me pudesse alterar tanto...ao ponto de por as maos literalmente nos ouvidos,para deixar de ouvir aquilo, e pensar apenas no que ia dizer na entrevista com os "tubarôes" q ia encontrar a seguir...

Escusado será dizer, que quando me chamaram, e sai daquela sala e deixei de ouvir aquelas musicas e oscilações de volume, mais piano,mais orquestra, mais o sei lá..., o alivio foi tao grande!!!! mais que muiiito!!!

Foi para partilhar a experiência..deste poder da musica..que tanto pode fazer-nos bem, como mal!!

Grande beijinho Alvim :), aaaah, encontrei-te esta 6 feira no B.Alto, tive mesmo mesmo mesmo para me meter á descarada contigo, mas como já tavas rodeado pelas meninas da Cidade fm, passei á frente... fica pá próxima! :) LOOL

Bjs, Filipa

Marlene disse...

Tenho três perguntas para que tembém eu possa aplicar os princípios da musicoterapia:

Que musicas serão as mais indicadas para aumentar a boa disposição e o bom humor depois de um dia de trabalho cansativo? (para além do jingle da PO)

Que musicas aconselha para acalmar um grupo de crianças irrequietas? Alguma coisa resulta?

E por último, musicas para estimular o cérebro? Existem? Já ouvi falar nisto, será um mito?

Obrigada

Maryana disse...

Eu já me lembrei de imensas pessoas, sentimentos e situações passadas, ao ouvir músicas antigas... Ainda no outro dia ao ouvir a Borrow dos Silence4 fiquei nervosa... Pq? Pq era a música q mais ouvia na época dos meus exames nacionais.

Ora, a questão que eu coloco à convidada é: A música pode ajudar a combater o Alzheimer?

Anónimo disse...

Eu fico muito mais relaxado e o trabalho corre melhor quando tenho o RAdio ligado... Será isso a musicoterapia?
Que resulta lá isso resulta...

Gil

Anónimo disse...

Anoka diz-voz:

Mas afinal o qu seria de nós sem música.
Já basta acordarmos de manha cedo e termos de trabalhar pra ficarmos com mau humor, ao menos qdo entramos no carro e ouvios umas musiquinhas la cantarolamos e damos uns sorrisos.
Viva a musica qq q ela seja.

vaz disse...

hoje deveríamos fazer levantamento de rancho neste estaminé porque o tema deveria ser o campeão nocional.. mas como o sr Alvim e a xana são bi-terceiros não querem falar sobe isso eu hoje não vou ouvir a prova oral

Anónimo disse...

Um facto é que eu quando estou com problemas vocais, dores de ouvidos, gripe, etc nao posso nunca ouvir metal ou musica mais pesada.
O meu otorrino aconselhou-me que devo ouvir musica mais calma qdo estou mais debilitado. Assim o fiz e recupero mt mais depressa.
Isto é uma forma de musicoterapia?

Joana disse...

Uma pergunta:
o género de música que funciona como musicoterapia pode variar de pessoa para pessoa?
Hoje estou com muitas dores nas costas. Solução: Deitar na cama e ouvir boa música! Que tal esta musicoterapia?!

Beijinhos, abraços e muitos palhaços

Joana disse...

FÊCÊPÊ, não por favor!!! Cátia como te compreendo!

Anónimo disse...

FCP SIM:) CAMPEOES CAMPEOES, NÓS SOMOS CAMPEÕES :)

Ontem esgotou nas farmácias da Capital as caixas de Rennie e Kompensam :P

Gil

Um pedacinho de mim... disse...

Olá Alvim, Cátia e convidada…Bom tema este:):)

Decidi começar o meu comentário com uma frase que gosto muito:
“ Música cria ordem no caos; pois o ritmo impõe unanimidade sobre a divergência; a melodia impõe continuidade sobre o descontínuo; e a harmonia impõe compatibilidade sobre o incompativel.”(Yehidu Menuhin)

Sabem, em tempos, interessei-me muito por esta abordagem terapêutica e realmente, constatei que há poucos estudos sobre a sua eficácia. No entanto, posso-vos dizer que pela experiência que tenho (confesso que ainda não é muita) e por relatos de alguns professores e colegas de trabalho, sim, a musicoterapia combinada com outras abordagens terapêuticas tem efeitos muito positivos. Pelo menos com a fisioterapia tem. E posso-vos dar alguns exemplos: nos doentes parkisonicos que como vocês devem saber são pessoas muito ansiosas, a música tem um efeito relaxante e facilita os seus movimentos durante o tratamento. Nos doentes hipertensos ou que sofreram um enfarte, a musica lenta ou meditativa tem um efeito relaxante, reduzindo a frequência cardíaca e a pressão arterial. Também os idosos e as crianças com paralisia cerebral costumam gostar da música. A própria dor, pode-se tratar com música...

Eu própria adoro múica...Estudo, trabalho...tudo com música...nao com a de demi roussos, alvim:)

Agora gostava de fazer uma pergunta à convidada…e a musicoterapia na doença de Alzheimer? Já tratou pessoas com esta doença? Com que feedback ficou?

Bem, por aqui me fico…Cumprimentos para todos…Um beijinho para ti Alvim, pois já não te vejo há muito tempo jovem…:)

Anónimo disse...

Penso que não existe melhor terapia que ouvir a prova oral, das 19 as 20. O Alvim sabe como fazer terapia a todos os ouvintes, é ou não é verdade? E já pra não falar das nossas vozes femininas da PO...

Um grande abraço para o Alvim (O Grande) e pra Cátia uma beijoka...

Zé - Póvoa de Parzim

Anónimo disse...

Pois é Alvim, como diz o vosso anuncio, nem que hoje se falasse do 13 de Maio, o tema do dia é incontronavel: F.C. Porto Campeão.

Para o serão hoje aconcelho-te: We are the Champions.Já me esqueci, essa musica não combina bem com o teu estado de espirti/clubista..

Um abraço a todos os portista

Somos os povo mais forte

Nuno disse...

vejam esta música, a verdadeira Musicoterapia http://img137.imageshack.us/my.php?image=orehime3yk.swf&width=480

isto tá-se horas e horas a ouvir sem nunca fartar

Joanazul disse...

Alvim,
Seu tripeiro de gostos traídos, hoje a música é a do Dragão e para mim isso faz parte da minha musicoterapia ;) Essa hoje deixa-me muito feliz!

Anónimo disse...

já ouvi falar de casos de muito sucesso com pessoas portadoras de deficiência; a música transporta para estados emocionais e na situação em causa foi o ponto de partida para uma série de outras actividades que resultaram. às vezes a dificuldade é saber se o estado emocional sugerido não será destabilizador...

Anónimo disse...

boa tarde para todos,

tentem ouvir Clemente logo ao levantar; quem consegue ouvir "zzzz sou uma abelha, sempre em busca do mel..." sem sorrir?
para mim é pura terapia..

Anónimo disse...

NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO O PORTO E MERDAO PORTO ENESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCNESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO O PORTO E MERDAO PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDANESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO O PORTO E MERDAO PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDAAS E MERDA COMO O PORTO E MERDAO PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDANESNESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO O PORTO E MERDAO PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDATE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO NESTE CLUBE SO GAYS LESBISCAS E MERDA COMO O PORTO E MERDAO PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA PORTO E MERDA