sexta-feira, maio 18, 2007

Faits-divers



Sobre a nossa convidada de hoje, Manuela Gonzaga, e o seu livro «Meu único, grande amor: casei-me», editado pela Bertrand, diz-nos a nota de imprensa:

«Mergulhando no mundo da edição, da política, da imprensa, do establishment social e do jet-set, do amor e do engate fácil, Manuela Gonzaga cola-se aos modelos e mecanismos do romance rosa ou light, e usa-os numa sátira de mentalidades (e da própria literatura light) mordaz, humorística e inteligente. Fruto de uma observação atenta e perspicaz, esta delirante crónica de costumes em tom e forma de folhetim, corrosiva e cheia de «piscadelas de olho», põe a nu o ridículo do nosso pequeno mundo de consumo e de aparências - dos faits-divers políticos aos meandros intelectuais, passando por toda a gama de lugares-comuns sociais e culturais. Manuela Gonzaga é escritora, jornalista e investigadora. O jornalismo, primeira grande paixão, é para si um ponto de observação privilegiado. Autora de livros de ficção (entre outros, Os Jardins Secretos de Lisboa, que vendeu 3 edições) e ensaio, publicou mais recentemente a biografia de António Variações, que gozou de uma intensa cobertura mediática e tem sido um êxito editorial.»

É pois de todos nós que vamos falar hoje, do quanto nos revemos ou não neste país cada vez mais light, mais pintado a cor-de-rosa e de floribelas cantantes no quintal. Digam de vossa justiça via 800 25 33 33 ou caixa de comentários do blogue.

A partir das 19, com os rosadinhos Fernando Alvim e Xana Alves.

36 comentários:

Anónimo disse...

Olá ppl da 3!! Estou a escrever para divulgarem que os LES BATON ROUGE estão de VEZ em portugal..e hoje tocam na galeria do desassossego em beja!!! apareçam!!

** p o alvim!! Riotxica

famel disse...

Neste pais de brandos costumes ha o chique e o obreiro, mas vai td dar ao mesmo qd se tratar de cortejar a femea!

O chique diz: "com essa papoila linda deves mijar champanhe"

O obreiro diz: "com esse cu deves cagar bombons"

Ok desculpem a linguagem...
Mas tudo se resume a isto, qd trata a engate o k muda são apenas as palavras, pk no fundo no fundo, o instinto é o mesmo! Embora mt gente chiquese tente demonstrar o contrário!

kikasonline.blog.com disse...

Como nem tudo é cor-de-rosa e não vivemos no pais das maravilhas, existe sempre a dúvida. Não só no amor, na política, na gestão, mas em todo o quotidiano do dia a dia.
Uma vez a convidada, seja jornalista, investigadora, mas talvez não directamente ligada a geografia, eu lanço uma pergunta, quem tem dado muito que falar entre o meu circulo de amigos e que eu até acho um excelente tema para o programa, dadas as divergências de opinião: QUANTOS CONTINENTES TEM O PLANETA TERRA??? CINCO? SEIS OU SETE? Eu axo k são cinco, mas isso é só a minha humilde opinião!!!

Vá, beijocas a todos! =)

Anónimo disse...

Não me parece relevante a questão dos continentes, visto que, dentro de umas centenas de anos estaremos todos juntos, mais uma vez. Dizem os cientistas...

Herbívora disse...

Neste pais o que comove são os belos piropos á trolha...

Por exemplo:

Belas pernas! A que horas abrem?

Tens um cu que parece uma cebola!
É de comer e chorar por mais!

Contigo filha, era até ao osso!

A tua mãe só pode ser uma ostra para cuspir uma pérola como tu.

Só queria que fosses uma pastilha elástica para te comer o dia todo.

Oh linda, sobe-me à palmeira e lambe-me os cocos…

Acreditas em amor à primeira vista ou tenho que passar por aqui mais uma vez?

Oh boneca, se fosses de porcelana partia-te toda…

Foste à tropa dama? É que já marchavas…

Ai boneca… contigo era até achar petróleo…
Só não tenho pêlos na lingua porque não queres!

Tanta terra para lavrar e o meu arado a ganhar ferrugem.

Vamos tapar buracos?


Oh filha, tens uns lábios que faziam feliz qualquer chupa-chupa!

Deves ser mais apertadinha que os rebites de um submarino.

Se o teu cu fosse um banco, fazia uma poupança a taxa fixa.

Não és nada má, já tive muito pior e a pagar.

Posso-te pagar um copo, ou preferes o dinheiro?

Há mais lá em casa como tu?

Só queria que fosses um cavalinho de carrocel, para te montar o dia todo por 100 paus.

Posso tocar no teu umbigo . . . da parte de dentro?

Não te esqueças do meu nome, mais logo vais gritá-lo.

Oh gata… largas pêlo?

Quem me dera que fosses um frango para meter-te um pau pelo cu acima fazer-te suar.

Minha senhora, troco a sua filha por um piano. Assim podemos tocar os dois.


És como um helicóptero… Gira, gira, gira, e boa!

O teu pai deve ser Terrorista…. És cá uma bomba!

Herbívora disse...

Só pra ter uma ideia da alma lusitana: http://jn.sapo.pt/2005/07/19/grande_porto/policia_maritima_a_mandar_piropos.html

Filipe disse...

Abraço Capitão Alvim e Beijos para a Xana!
Namorei 8 anos e estou casado há 2!Tenho a completa e inequívoca certeza que encontrei a mulher da minha vida, mas antes de a conhecer também tive a certeza que tinha perdido a mulher da minha vida, e antes disso também.
Tenho uma pergunta para a convidada de hoje: O amor não é meramente circunstancial e temporal? Ou seja, se eu não tivesse conhecido o amor da minha vida (a minha esposa), nunca iria encontrar o amor da minha vida? Duvido e sou bastante romântico mas acho que podemos amar pessoas diferentes com toda a intensidade...desde que em alturas diferentes!

VitorPedros disse...

Olá a todos. Alvim, Alvinete e convidada.
Portugal esta cada vez mais light?
É a moda,é a onda....mas ainda bem que não é tudo assim.
Tambem se estão a recurerar bons habitos antigos e que de light tem muito pouco, Festas Tardicionais, pratos tradicionais.
Aproveitem a vida, não lhe tirem calorias, condimentem-na.....
Sejam felizes.

Anónimo disse...

Olá Pessoal, Boa Tarde...

Eu acho que cada vez mais algumas pessoas do chamado "Jet-Set" fazem de tudo para aparecer... o caso mais flagrante é aquele que se auto domina conde agora Cantar...se é que se pode chamar a aquilo cantar... eu vi a reportagem e fiquei pasmado como alguem é capaz de fazer certas coisas para aparecer...
Mas alguem na sociedade deve dar crédito para que os projectos avancem... é a sociedade light que temos.

Abraços e Beijinhos

Gil

Sr. Túbias disse...

Esta cultura light custa-me um pouco a entrar na cabeça ora vejamos; vivemos hoje em dia numa espécie de ética indolor, colocando fora de moda o dever, a renúncia, o sacrificio, o trabalho, a perseverança, o respeito pelo compromisso e valoriza-se as experiências e as vivências passageiras e momentâneas, isto é o vale tudo, o sucesso a todo o custo como se os fins justificassem os meios, com esta conjectura actual a cultura light apenas agrava o problema. Das poucas vantagens que vejo nesta cultura light é como sendo uma válvula de escape que permite a evasão das diferentes tonalidades do trájico quotidiano, o qual sem estes escapes sería bio e psicologicamente insustentável. Para mim a frase que caracteriza a cultura aclual é:
"o povo é gado, vai para onde o levarem"

Sca disse...

Boas..
É só para dizer que ontem vi o sr. Alvim a trabalhar....e digo que ele fica tão concentrado que nem repara na quantidade de gente que passa e fica a olhar pela janela do estúdio! Parecia que estava no Oceanário!! a olhar pelas pequenas janelas como se de espécies em vias de extinção se tratassem. só faltava uma máquina fotográfica para guardar o momento, em que, Alvim repara na quantidade de gente e em especial para uma rapariga e lhe deita a lingua de fora!! ah Alvim, tu ontem já estavas a preparar o programa de hoje!! Agora quem era, eu não digo! o Alvim se quiser que explique.

digo que não há nada melhor do que estar apaixonado e de viveres uma vida a dois.. apesar de não ser um mar de rosas é sempre bom chegares ao fim do dia depois do trabalho e da Faculdade e teres a tua namorada à tua espera..

Cumprimentos para todos e bom fim-de-semana!!

Anónimo disse...

Olá a todos...
coincidencia ou não mas também me apeteceu fazer o mesmo no dia do meu casamento... Soubesse eu onde ele estavo ou o número de telefone....
Adiante.....
Como já alguém disse aqui, ainda bem que possuímos a capacidade de amar várias pessoas com a mesma intensidade, em alturas diferentes ou não, por motivos diferentes ou não.
Embora hoje esteja casada com alguém que amo muito, isso não apaga o muito que amei outras pessoas e o muito que amo, embora de maneira diferente...
Nós e estes nosso corações latinos enormes onde cabe sempre mais alguém...
Se todos tivessemos a capacidade de assumir este amor incondicional talvez o mundo fosse mais feliz.... não?
Beijocas pra todos

vaz disse...

alvim vai aqui ao meu blog ver a musica do mantorras...

http://dei15.blogspot.com

Anónimo disse...

Sem dúvida, o amor é circunstancial! Retira todo o romantismo à coisa, ou não; ao clarificar isto, podemos viver plenamente cada relação. Mas uma de cada vez, não só pela outra pessoa, mas por nós mesmos, para poder explorar cada sentimento com intensidade.
Agora o que me parece digno de discussão é que, parece-me, já temos é todos muito medo de nos entregarmos sem reservas...
De qualquer modo, acho é que chegamos todos a uma certa altura e optamos TODOS por uma relação monogâmica, mesmo sem borboleta a bater as asas no estômago; porque será?

Sca disse...

em relação ao post anterior, "optamos TODOS por uma relação monogâmica, mesmo sem borboleta a bater as asas no estômago", deve ser mesmo porque existe inconscientemente na cabeça das pessoas que devemos ser felizes com uma pessoa (homem ou mulher, dependendo dos casos!). Nos Países Islâmicos só és aceite se tiveres para aí umas 7 mulheres! está tudo no passado de cada nação! por exemplo, já se vê muita gente que optam por ser solteiros, mas perguntem a essas pessoas como é que os outros os olham e falam! ainda não é fácil ser-se solteiro por opção, as pessoas pensam sempre que é solteiro porque teve azar!!

Agora se todos assumíssemos que possuímos a capacidade de amar várias pessoas (como dizem e bem em post's anteriores) só me vem à cabeça o brilhante filme de olhos bem fechados (Eyes Wide Shut), com o Tom Cruise e a Nicole Kidman!! era engraçado..

António de Almeida disse...

-Num país de ficção chamado Portugal, tudo é light, os lideres políticos já não são escolhidos pelas suas propostas, mas pela maneira como passam na televisão, os bons futebolistas foram-se embora, por cá não importam as fintas e os golos, mas sim que carro comprou, ou quem anda com quem, muitos "empresários e gente do jet-set das revistas cor de rosa", não confundir com o verdadeiro jet-set, que controla as empresas e a economia, virados do avesso não cai nada dos bolsos, aparecem nas festas com roupas emprestadas, penteados que não pagam, alimentando-se do rissol e do croquete. São ocos, vazios nos bolsos, na cabeça e até na alma. Alguns até para poderem continuar a aparecer, já só se fôr como macacos de circo num qualquer reality show. Abraço Alvin, Alvinette, e cumprimentos à convidada.

Salvem disse...

Salvem

Mais uma vez venho pedir para os benfiquistas (tipo Fernando Alvim)
Assinarem o seguinte blog:

http://deixemficarmantorras.blogspot.com

Objectivo manter o Mantorras por muitos anos no Glorioso Benfica

cinderela disse...

não há duvida que uma boa parte da nossa sociedade se está a tornar cada vez mais limitada. digo limitada porque só alguém limitado é que pode ver programas televisivos como os que teem passado nos nossos canais de televisão. esses programas teem publico e isso faz com que eles permaneçam e me façam cada vez mais pensar em deitar a minha televisão porta fora. não acredito em principes encantados, não acredito em jet set e para mim todo esse mundinho é descartável.a vida real é... engates fáceis,já ninguém perde tempo em conhecer o proximo. ainda tenho esperança que haja uma nova geração que revolucione tudo isto, mesmo sabendo que essa nova geração agora se agarra á tv a ver morangos com açucar e floribella. beijos para toda a equipa

João Silva disse...

Falta aquela:
Ó estrela queres cometa?

cinderela disse...

nã0 conheço nenhuma mulher que tenha casado com o grande amor da sua vida.

Anónimo disse...

eu conheço, casou comigo e eu com ela, o amora da minha vida...

" il garfield " disse...

olá alvim olá alvinete... boa tarde sra. manuela gonzaga... só para dizer que eu até fico parvo com a xamada sociedade cor de rosa, não conheço a maior parte, mas começo a axar que dver ser fixe ser pseudo jet set uma vez que todos têm trabalho na televisão, e comentam assuntos do género a tia lili só dá bons exemplos, não não ela é uma doida... por amor de deus..ás tantas eu tb era capaz de fazer isso. Quanto ao livro(leiam tambem tiro e queda de mafalda belmonte, tb é light) vou tentar ler.. realmente e possivel ter varias mulheres da minha vida felizmente ja tive umas quantas e espero que continue a ter, assim como o contrário abraço a todos

cinderela disse...

cada vez mais as pessoas banalizam o amor e o que esse sentimento significa

Anónimo disse...

me liga vai,neste momento no ar rssss

cinderela disse...

esse tipo é um ganda maluco

nidia disse...

Eiiiiiiiii, eu conheço a banda "Capital Inicial". Chama-se a isso cultura, Alvim. lol

cinderela disse...

grande momento da prova oral...lol

Anónimo disse...

(...)No 1º e no 2º andar (...)
lindoooooooooooooooooooooooo

Anónimo disse...

ó Alvim pergunta-le se conhece o Brás,parece mesmo ele

Denise disse...

este amigo e o perfeito anormal...
completamente...

opah...

supera me...

lol

Ana Sanlez disse...

Num país de hipócritas, é engraçado notar que ninguém gosta, ninguém "liga a isso" e toda a gente desdenha das socialites, mas todos sabem os pormenores da vida dessas personagens, elas próprias sem vida!!!
Enquanto rubricas como a "Tertulia cor de rosa" e artigos fascinantes do 24 Horas se mantiverem nas preferências da nossa nação valente, vamos continuar a ser pequeninos e ignorantes... O que vale é que não somos só nós. O mundo é uma bola cor-de-rosa, e não é do aquecimento global...
Bjufas Alvim e Xana.

Anónimo disse...

Ora, toda a gente sabe k o melhor sitio pa curtir na Madeira é no Caniçal (Prainha)...

Anónimo disse...

põe-na a gemer em directo ,para ganhar o bilhete

Anónimo disse...

eu tb kero um bilhete po creamfields!!

e a agr..
se me puderem vir buscaar agr... pa me deixarem ir ver bloc party... tb era positivo..

enfim...

:)

Anónimo disse...

io tudo bem. O local ideal para o AMOR é a Veneza portuguesa
jhony ; Aveiro

Maria disse...

Para ver o Amor à vida na escrita... passem por http://hojehamoelas.blogspot.com/

Boa escrita... séria e com humor!