quarta-feira, janeiro 23, 2008

Obesidade



«Resultante da acumulação excessiva de tecido gordo no corpo, a Obesidade encontra-se associada a factores de ordem diversa que envolvem a predisposição genética para o aumento de peso, uma alimentação rica em calorias e uma vida sedentária, sendo por isso uma doença multifactorial na sua génese. É dos principais factores de risco para o desenvolvimento de outras doenças que afectam a Saúde Pública, entre as quais se destacam a Hipertensão, Diabetes, Doença Coronária, Acidente Vascular Cerebral, Doença da Vesícula Biliar, Osteoartrite, Apneia do Sono, Problemas Respiratórios e alguns tipos de Cancro (do Endométrio, da Mama, da Próstata e do Cólon). Em Portugal, prevê-se que cerca de metade da população apresente excesso de peso. A prevalência da Obesidade é estimada em 13% para o sexo masculino e de 15% para o sexo feminino.»

Ok, barriguinhas acervejadas e afins; esta emissão é-vos dedicada: conversa com Pedro Teixeira, secretário geral da SPEO e responsável pelo programa P.E.S.O, e Marlene Silva, que é psicóloga e faz parte da Faculdade de Motricidade Humana. Vamos falar dos vários tipos de obesidade – que nem todos são mórbidos –: quando é que os quilinhos a mais são de facto preocupantes ou apenas percalços passageiros; sinais de alarme que nos devem levar a procurar aconselhamento médico ainda a tempo de um tratamento suave; em que casos podemos resolver o problema sozinhos e que dicas e truques há para isso; e, já agora, de uma vez por todas: a conhecidíssima malta do dístico «perca peso, pergunte-me como» apresenta realmente propostas interessantes, ou não vale a pena ir perguntar-lhes nada, a não ser as horas (ou um endereço, se estivermos perdidos)?

Perguntas e comentários via 800 25 33 ou caixa de mensagens do blogue. A partir das 19, com Fernando Alvim e Cátia Simão.

39 comentários:

Maryana disse...

Uma receita muito boa para não engordar é a sopa de espinafres do Alvim. A combinação milagrosa da água com os espinafres e a pitadinha de sal, fazem milagres para aqueles que buscam uma cinturinha de vespa...

Cesar disse...

Uma curiosidade comentada:
Hoje em dia, nos restaurantes as doses servidas ultrapassam em tamanho, o dobro das que eram servidas em 1990.
Note-se que as refeições para servidas nos restaurantes, são suficiente para mais de duas pessoas.
Não há estudos mas sendo o homem um animal social pode-se afirmar com toda a certeza que em casa vão imitar o restaurante e fazer doses monstruosas.
Mesmo se fosse equilibrada, com alimentação assim o peso excessivo seria um problema, como hoje o é...

Cesar disse...

Quando digo:
Note-se que as refeições para servidas nos restaurantes

Quero dizer:
Note-se que as refeições INDIVIDUAIS para servidas nos restaurantes

Oli disse...

Boa tarde!

Obrigado por lançarem um tema que infelizmente ainda é tabu na nossa sociedade. Sou gordo e vivo com este "peso" há já vários anos. Descuidos alimentares, pouco exercício, enfim...

A obesidade é de facto um problema que afecta cada vez mais portugueses. Mas são os próprios que são responsáveis por ela. E desta vez não podem atribuir responsabilidades ao governo. Mas o governo pode ajudar, e já o começou a fazer com a comparticipação da cirurgia para a colocação da banda gástrica em super obesos. Mas ultrapassado um limite de IMC (índice de massa corporal), a obesidade é encarada já uma doença crónica, que passa também pelo tratamento farmacológico. Estes fármacos são caros e aqui é que está o problema.

Eu, que não posso fazer a cirurgia, também não tenho condições financeiras para gastar quase 100€ por mês para comprar estes fármacos. E é aqui que o estado pode e deve ajudar os gordinhos através da comparticipação destes medicamentos.

Mas nunca esquecendo que o exercício físico e uma alimentação correcta são instrumentos fundamentais para combater a obesidade.

Miguel Petisca disse...

Obesidade é um assunto que tem de ser levado a serio, pois não estamos só a falar em “Barriguinha”, mas também nos problemas se saúde que a obesidade trás.
Uma das principais causas é sem duvida a falta de tempo, e quando se tem de comer fora é muito mais rápido e económico ir a um restaurante de fast-food do que a um restaurante convencional, isto para não falar no preço em que o peixe esta!
Senão façam como eu, quando vou a um restaurante comer peço sempre uma sopinha…da Pedra!

pouic disse...

Já agora por falar em obesidade.... li no outro dia uma noticia onde o patrão da Mc Donald's do Reino Unido culpa os videojogos provocam a obesidade nas crianças, não a comida rápida.

" Para o presidente da McDonald's do Reino Unido, a popularidade dos videojogos é a causa da obesidade infantil, pois faz com que as crianças passem menos tempo no exterior «a queimar energia».

«Existe um elemento relacionado com o estilo de vida: há menos espaços verdes e os miúdos ficam em casa a jogar videojogos na TV enquanto que no passado estavam na rua a queimar energia», disse Steve Easterbrook em entrevista ao jornal britânico "The Times".

O responsável pela McDonald's britânica afirmou que o grande desafio consiste em encontrar um forma para «melhor comunicar às pessoas a importância de uma dieta equilibrada e de cuidarem de si próprias».

A McDonald's do Reino Unido está prestes a registar o seu melhor ano nas duas últimas décadas, de acordo com o "The Times".

Fonte: ciberia

Ribazz disse...

Ola prova oral, alvim e cátia ..È um tema bastante interessante, e gostava de convidar o alvim e o seu amigo Markl a provar os deliciosos batidose chás Herbalife e garanto-vos q alem de satisafeitos ainda vao conseguir perder esses kilinhos q dizem q têm..lol sou distribuidor Independente herbalife e orgulho me de vender estes produtos, q ajudam milhoes de pessoas no mundo inteiro a viver com mais saude. esqueçam os preconceitos e vivam mais.Afinal estes batidos de Proteina de soja foram inicialmente usados no espaço por astronautas, que nao podiam pedir croissants nem cafezinhos e precisavam de se alimentar..



Rodrigo Ribeiro
herbal.aloe@gmail.com
+351 963221990

www.herbamagica.com

Cagil disse...

olá a todos!!!!
lol... parace que ribazz está muito entusiasmado... é verdade que hoje temos uma alimentação horrível, a falta de tempo para comer e confeccionar os alimentos e a forma como são produzidos e transportados diminui muito a nossa qualidade de vida. eu felizmente, como o amigo ribazz optei por suplementar a minha alimentação com herbalife e seguir a educação alimentar do Dr. David Heber, MD Phd. nos primeiros 6 meses perdi 30 kg de massa gorda, e ganhei muita saúde!!! desde a 3 anos que mantenho os meus 80 kg. espectacular!!! claro que também mudei muito os meus hábitos alimentares, mas para melhor... o k é optimo! Não dispenso um belo cozido á portuguesa ou uma pizza dakelas... humm... mas diáriamente mantenho um bom hábito alimentar, que acredito ser a base da nossa saúde!

Bom programa, vou ficar muito atento!!!!

akele abraço, Carlos gil.

Mauredo disse...

Oi Alvim e Rita! Quem me explica o meu drama?? Quem é que me explica os segredos da obesidade?? Senão reparem bem... Antes de começar a trabalhar estava mais magro e comia bem pior do que agora. Agora que é só saladas e comida leve, bebo cerca de 1 litro de água por dia e ando cerca de 30 minutos do metro para o trabalho, como é possível eu agora estar a engordar em vez de emagrecer?

http://www.imauro.com

Vanda D disse...

olá a todos!
eu não sou gorda nem magra. pelo menos cada vez que faço aquele teste peso x altura o indicice de massa corporal tem o numero normal para a minha cosntituição. mas uma coisa é certa, ora somos bombardeados com os modelitos exigidos pela sociedade actual, do que se trata (dizem essas pessoas) ser aceitavel e bonito, ora quem é capaz de resitir aos chouriços, às feijoadas e a todas as comidinhas tipicas gastronomia que são tão saborosa...ai,ai!
mas para mim, a solução para obesidade passa pela educação. aquilo que nos habituamos a comer e a ver ser servido é o que aceitamos como normal para nós e é o que o nosso estômago está educado a aceitar sem se sentir cheio! de pequenino é que se torce o ...?!
Ah, pois é.

Bjinhos e agradáveis refeições.
Vanda

Ricardo F. disse...

Nao sei se alguem se preocupa com isto ou se mesmo alguem pensa nisto. Mas retirar a cada pacote de açucar que acompanha o tradicional cafe cerca de 1/3 ou 1/2 do seu peso uma medida extraordinaria capaz de produzir um efeito significativo na saude de tantos portugueses. Afinal parece-me que é tudo uma questao de habito.

Teresa disse...

Boa noite a todos,
Gostaria que falassem da importância da criação de hábitos alimentares saudáveis desde o início da vida.
Tenho um filho de 2 anos e meio e tento oferecer-lhe uma alimentação saudável, o mais possível isenta de gorduras e açucares. Ele, felizmente, é fantástico e come muito bem a sopa diariamente e "o segundo" (como ele diz, referindo-do-se ao prato da refeição) e a fruta. Faz uma alimentação no dia-a-dia isenta de guloseimas e refrigerantes. A ingestão de uma outra guloseima está reservada para as ocasiões especiais - aniversários dos amigos ou familiares, sobretudo. Além disso, tento proporcionar-lhe o máximo possível de brincadeiras ao ar livre na rua, no parque, na praia...
Apesar dos meus esforços, sou confrontada muitas vezes com situações muito "chatas" criadas por pessoas que insistem em oferecer-lhe doces, e olhando para mim com ar muito estranho e até crítico, quando amavelmente recuso a oferta, acusando-me de estar a privar o "menino, coitadinho" de comer aquele chupa-chupa, que é tão bom "e uma vez, não faz mal". A questão é que não seria SÓ UMA VEZ e, uma vez criado o hábito, é muito difícil sair-se dele.

migué disse...

olá nuno e cátia!
olá a todos!
eu também pertenço ao grupo do ribaz e do cagil. pois é!não sou gorda nem sequer nunca fui.no entanto tenho uma vida profissional que exige demais de mim e que me faz cometer loucuras diariamente. E a herbalife... Complementos alimentares que nos ajudam a suprimir as falhas diárias da nossa dieta.
Hoje sinto-me bem e cheia de energia, e como se diz na gíria Herbalife "fora de control".
por isso, deixem-se de preconceitos e não deixem de experimentar e visitar o nosso site www.herbamagica.com

um beijo mágico.
bom programa!

maria miguel

Anónimo disse...

Olá a todos

Gostaria de fazer uma pergunta aos convidados:

Estou a pensar em fazer uma dieta rigorosa, tenho 1.83mts e peso 112kgs
O que pensam e das dietas prescritas pelo Dr. TALLON e Dr. POVOAS???
São benéficas para a saúde????

Um Beijo para todos
Rute Subtil

Ângela disse...

Perdoem-me todos os obesos mas mais dificil que emagrecer é engordar. Sempre fui magra e mesmo fazendo por engordar não consigo. E não é por não comer. Claro que não como duas doses de cozido à portuguesa mas não me privo de nada, pelo contrário e não consigo ganhar uns quilos. Mesmo com ajuda médica e estimulantes de apetite não funciona. Agora com 30 anos já não me importo e já me conformei com o corpinho que tenho e até não estou mal mas na adolescência foi complicado, as amigas a ganhar curvas e eu, enfim, adiante.
Alvim, o tema de amanhã promete.

El Xupa Cabras disse...

Hoje vai ser um programa cheio de "Herbas Lifes" e de mulheres a querer participar :D :D :D

Mas acho qeu as pessoas só engordam se quiserem.... ou então se tiverem um problema no metabolismo! Como conheci uma pessoa que tinha um metabolismo acelerado o que levava a que os alimentos consumidos fossem mais absorvidos... pelo menos era o que nos tentava vender... quiça fosse uma desculpa também para ser gorda !!!

Não acham que estou correcto? Se a pessoa começa a ver que esta a ficar com uns kilitos a mais, porque não fazer exercicio, uma dieta, etc e tal em vez de deixar seguir! É qeu depois quando querem voltar atrás... pois é! Ja não é facil. Depois vem-se queixar do governo e destes e daqueles...

Marlene disse...

Olá
Não sou obesa, mas peocupo-me em comer saudávelmente...e há uma coisa que é indispensável: a sopa.

Quando eu falo em sopa refiro-me a sopas com legumes, tenho sempre a noção que as canjas, sopas de peixe e outras que levem carnes (como as sopas dos Jantares do Espírito Santo dos Açores) não são as mais saudáveis é verdade?

Outra coisa, será que um prato vegetariano deveria ser encarado como um prato de peixe ou carne? O que eu quero dizer é, será que não é saudável intercalar, com a carne e o peixe, refeições vegetarianas?

andar ca é giro disse...

epa eu so tenho barriga de cerveja,mas em Coimbra nao é muito dificil..

bazzani disse...

ola Alvim! eu tenho uma pergunta a fazer: tenho 1,80cm e peso 100kg,serei obeso? eu ate gostava de ser mais magro mas a cerveja nao me permite...!

andar ca é giro disse...

Mas elas nao gostam...eheheh...e chega o verao e é pior...mas sinto-me mal,mas gosto muito de cerveja...eheheh...e elas gostam de mim...abraço Fernando e aparece por ca...

Ana Moreira disse...

Acho que o principal é haver cuidado e moderação, deixar de lado os radicalismos e comer um pouco de tudo de uma forma equilibrada. Para quem é guloso é complicado mas se houver excessos num dia compensa-se no dia a seguir, não convém a fazer excessos todos os dias :p

uma coisa é certa, a mim ninguém me tira o prazer de comer uma francesinha com as batatas a afogarem-se naquele molho espectacular; o arroz doce da minha mãe; um belo gelado ou uma tablete de chocolate. de vez em quando faz bem :P

beijinhos

ana

Soniss disse...

Olá! e parabéns pelo programa!

Eu tenho uma dúvida.....
antes de se chegar ao estado de "Obeso", não se está...há uma fase intermédia. Porque é que as pessoas na situação "intermédia" não tomam medidas para não chegar a "obeso"?
Posso estar a dizer um grande disparate, mas cada um tem de tomar um pouco conta de si!
Beijinhos

MaryJane disse...

Mitos ou não:

- O pão engorda, ou é o que pomos dentro do pão?

- Beber líquidos durante a refeição engorda, ou depende do líquido?

- Cerveja faz barriga, ou o estilo de vida associado é que o faz? (por favor que isto seja um mito!)

Associado ao comer bem,e eu adoro comer bem e do bom (que às vezes não é bem), a actividade física. Existem tantas formas de actividade física que toda a gente pode encontrar a sua, (nem que seja actividade sexual)!

Baci e abracci

MaryJane disse...

Mitos ou não:

- O pão engorda, ou é o que pomos dentro do pão?

- Beber líquidos durante a refeição engorda, ou depende do líquido?

- Cerveja faz barriga, ou o estilo de vida associado é que o faz? (por favor que isto seja um mito!)

Associado ao comer bem,e eu adoro comer bem e do bom (que às vezes não é bem), a actividade física. Existem tantas formas de actividade física que toda a gente pode encontrar a sua, (nem que seja actividade sexual)!

Baci e abracci

Anónimo disse...

A ditadura da belez e do saudável cheira já mal...o direito a viver como gostamos ja não serve?? e no tempo do terceiro reich lembram-se??era combate ás gordos aos fumadores ,criar o home perfeito...pois ele não existe e felizmente que não..aliás mtas pessoas ganham dinheiro á custa desta moda dos tempos modernos...até ver...

hugo disse...

olá a todos!o meu nome é hugo bernardes (lic. na fmh-exercício e saúde), quero antes de mais deixar o meus sinceros cumprimentos a todos os convidados de hj em especial ao Profs.Pedro Teixeira e Marlene silva porque fui aluno deles. Gostaria também de salientar que é muito importante nos dias de hj em que a obesidade já se está a tornar uma epidemia e não só uma doença em portugal, realizar debates e divulgações de informação como a prova oral. Estou a querer começar a trabalhar na área de tratamento da obesidade através do exercício e de controlo da alimentação mas tenho alguns problemas...o maior de todos é, neste belo país haver falta de apoios financeiros para se abrirem empresas de raíz.Para alem disto falo também de muita burocracia para o conseguir.

Um grande abraço para todos do persistente Hugo Bernardes

jose antonio disse...

ja o disse "aqui"... amigos, comam e bebam ate fartar.. quando morrer-mos... vamos deitados.

bj's e abraços para o mundo e arredores

jose antonio

Manuel Félix disse...

Tendo consciência de que a obesidade é a epidemia do Séc XXI (como refere a O.M.S.), recentemente abracei uma actividade que me permite estar a par das formas mais diversas de como as pessoas olham para este flagelo.

Nesta actividade (que por motivos de politica empresarial, não poderei mencionar neste blog) sinto que posso ajudar quem queira.

Tenho visto muitos testemunhos de vidas completamente mudadas para melhor, claro.

Após conhecerem uns produtos cientificamente aprovados e com provas dadas em milhares de pessoas em todo o mundo.

Sou orgulhosamente distribuidor deste produtos em Portugal e considero-os como potênciais soluções para este problema.

Fico feliz por poder fazer parte de uma solução para que os obesos possam voltar a encarar a vida de uma forma sadia.

+351 939 855 917
www.pesologica.com

Soniss disse...

Tenho mais uma dúvida....

A questão da água ....

Diz-se que devemos Beber 1,5 a 2L de água por dia. Mas, por vezes há quem não possa beber tanta água, pois começa a fazer retenção de líquidos. Há muitas pessoas que bebem muito pouca água, mas também existem mais de meia duzia a beber água para perder apetite(até já há água que publicita isso mesmo)e isso tb pode ser complicado... e trazer outros problemas. E depois ebem 2L de água por dia durante 4 ou 5 dias, e depois estão outros tantos sem beber ...

DIMITRI disse...

Solução Simples face à obesidade:

- Fazer Desporto;

- Não "enfardar" comida depois do exercício (porque assim não adianta nada);

- Beber muita água e não comer porcarias (doces, bolos, etc...)

lady.bug disse...

Olá. Fala-vos uma moça roliça e pequenina como a sardinha. Quando atingi quase 90 kg decidi alterar o meu estilo de vida: ginásio e consultas de nutricionismo e endocrinologia fazem parte da minha vida.
Continuo a ter uns quilinhos a mais (se chegasse aos 70kg ficava contente), mas tenho consciência de que tenho uma boa alimentação e de que nunca serei uma rapariga magra... Sou baixinha, estatura óssea larga e tenho um problema de hipoglicémia que não me deixa abandonar os açúcares tanto quanto eu desejava.
Mas não desisto do gym (3x por semana no mínimo) e de procurar uma alimentação diversificada.

Aqui fica o meu testemunho.

Beijinhos

Gonçalo disse...

À semelhança de Inglaterra, devia ser criada em Portugal uma disciplina obrigatória de Culinária, que educasse os jovens no sentido de escolherem e confeccionarem bem os alimentos, como foi anunciado hoje:

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=62&id_news=314877

Outra batalha é a dos preços da alimentação, estando a alimentação saudável cada vez mais dispendiosa. É sabido que comer e ficar cheio no mcdonalds é mt mais barato e rápido para um jovem do que comprar e cozinhar a sua própria comida.
Cumprimentos a todos,

Gonçalo

Anónimo disse...

Olá a todos!
Está aí alguém que possa falar das dietas LEV ? É um novo conceito que apareceu à pouco tempo, não tenho grandes conhecimentos mas ouvi dizer que é uma dieta radical.
Retiram-nos todas as nossas refeições e comemos as deles e depois vamos integrando alimentos normais passo a passo, ou seja, dizem que nos incutem novos hábitos alimentares e mais saudáveis. Dizem ainda que somos sempre acompanhados por nutricionistas.
Obrigada

sandra ferraz disse...

Portugal sofre de excesso de peso, mas as lojas de roupa não acompanham as medidas. Eu sofro de obesidade e já me sinto mal suficiente pra ir comprar roupa a olhar para os numeros, em vez de me preocupar com o que me fica bem.Além disso é-me difícil ter auto-estima suficiente pra conseguir entrar num ginásio onde toda a gente olha pra mim como se fosse uma criatura diferente. Aumentar os tamanhos de roupa é uma forma de habituar as pessoas que não sofrem de obesidade à presença de pessoas obesas, sem terem de rodar a cabeça na rua quando elas passam.

Carlos Gil disse...

Olá a todos!
Gostei muito de participar no programa, espectacular!!!
Obrigado Antena3 & Staff!!!

Se alguem tiver alguma dúvida que não tenha sido esclarecida no programa, sobre o que eu falei, obviamente, mande-me um mail para apoio.clientes@nutriloja.com.pt ou adicione-me ao msn.

Um abraço!
919 606 612 - 964 696 175

ximiusa disse...

fogo!!
então ontem, carro estacionado, telemovel na mao, tema super interessant. E VOCES NAO DIZEM O NR D TELEFONE??
sabia lá eu que é preciso vir ao blogspot para saber o vosso contacto? sinceramente, as 19.50 desisti porque o pres. da adexo já me estava a volver loca!
isto d ser gorda e fumadora as vezes tem estas vantagens, como agora ja n vou ao café posso fumar e ouvir rádio no carro, será que a ASAE me vai multar?

Margarida disse...

Boa tarde.

Sou gorda, mas já fui bem bem jeitosa. A primeira vez que fiz dieta tinha 68 kg, achava que estava gorda. Acabei com 76. Mudei de médico, cheguei aos 70,com muita fome e comprimidos, e tendo parado um mes, atingi os 79.Fiz ginastica, localizada,máquinas, step, hdroginastica.Subi na categoria de médico procurando sempre os ditos "melhores" ( ou mais caros), e deixei de engordar durane uns meses. Fiz acunpuntura. Engravidei 2 vezes quase eguidas e tive um comportamento exemplar com o peso. Em Agosto de 2007 estava com 100,2Kg.Faço dieta rigorosa há meses, e se nos primeiros meses se viu alguma coisa,ultimamente tem sido desanimador. Já fui atleta, e apesar de gorda tenho boa resistencia, agilidade e flexibilidade. Sei que às vezes como bastante, ou pelo menos apeteceme muito, mas não me vêm a comer bolos, doces, fritos diariamente.
Um dia disse à minha mãe que nunca iria ficar gorda como. Como ela ficou ao logo de 30 ans e 4 filhos. Eu ultrapassei-a largamente em apenas 7 anos e 2 filhas.
Não me venham é cá com histórias que com força de vontade e ginásios a coisa ia ao sítio. Na aldeia não há ginásios ali na esquina. E os que há estão cheios à noite e durante o dia trabalho. E também não digam para ir à hora do almoço, que por vezes essa não existe. E também não digam para ir de manhã cedo,porque cedo levanto-me eu, para sair de casa às 8 da manhã com 2 filhas e só regressar mais de 12h depois.
Eu sou assim, a minha mãe é igual, a minha irmã nº2 também, e a nº3 para lá caminha.
Destino? talvez..

sobre a herbalife: nunca expermentei, mas quando estava na faculdade, uma colega quase não comia, só usava esses produtos. E quando ninguém via, roubava toda a comida das amigas que partilhavam a casa..

Ninguém gostará de ser gordo, muito menos se foi magro, e as críticas são muitas vezes injustas. É uma tremenda falta de educação estarem sempre a ver o que o prato do gordo tem...só porque é gordo, e se leva muito - ora aí está a explicação!, se leva pouco - Mesmo assim ainda leva muito!
Se imaginassem o esforço que muitas vezes se está a fazer...

Selecta disse...

Boas..

Fiquei extremamente desiludido com o vosso convidado.... capitão da marinha mercante e presidente de uma associação de obesos que fala do infarmed......hummmm

Como profissionais da rádio voçês podiam seleccionar melhor os vossos convidados..., pois para alem de transparecer que pouco ao nada conhece, e k tb quer ter uma opinião, antes de se falar ou dizer mal de seja o k for( ex: Herbalife), ao menos informe-se para não ir contra o k dizem os mais conceituados médicos inclusive o prémio nobel da medecina...
Fiquem sabendo que o aumento de doenças cardovasculares e cancros entre os jovens são derivados a uma alimentação com excesso de quimicos e falta de vitaminas e nutrientes... Dai o facto de nutrição equilibrada ser diferente de comer, aconselha-se já suplementos por falta de nutrientes nos produtos que comemos.

Fiquei com pena de terem interrompido várias vezes a intervenção do jovem carlos gil distribuidor da herbalife que telefonou para o programa, pois talvez se o senhor convidado não tivesse querido opinar sem conhecimentos para, talvez tivesse aprendido algo..

Obrigado

Marta disse...

Sou a Marta e tenho 13 anos.
Meço 1,57cm e Peso 54 kg.
Gostava que me ajudassem a perde-los.
Por Favor Ajudem-me-
Beijinhos.