quinta-feira, janeiro 10, 2008

Falar sozinho



«O Autofalante conta a história de um homem desempregado que sofre uma crise de comunicação com o mundo e passa a falar sozinho. Fica tanto tempo isolado de tudo, sendo ele próprio a sua única companhia, que acaba por se aborrecer de si próprio. Não se suporta mais e já nem sozinho consegue falar. Discute consigo mesmo e resolve não voltar a falar com ele próprio. Absolutamente só, decide “procurar-se” para pedir a si mesmo que interceda por ele – que, entretanto, já se dividiu em duas pessoas. A partir de então, a sua personalidade divide-se em milhares dele mesmo. A aventura passa a ser a tentativa de organizar "todos" numa nova unidade de si mesmo.»

O actor único desta peça é Pedro Cardoso que, se bem se lembram, e a propósito da mesma, já esteve na Prova Oral. E hoje vai voltar: O Autofolante foi um sucesso tremendo e por isso será reposta (no Teatro Mundial, em Lisboa, entre 17 deste mês e 10 do próximo, pelas Produções Mandrake).

Vamos falar do que esta reposição tem de novo mas, sobretudo, discutir porque é que o público (tanto o português como o brasileiro) aderiu de forma tão pronta a uma, digamos, conversa de loucos (ou de louco, no singular, porque é só um, embora se desdobre em vários). Terá sido uma forma de escaparmos e de rirmos da nossa própria solidão? Andaremos todos, de facto, perdidos de nós mesmos no meio da azáfama quotidiana e o sucesso de peças assim é um sinal dos tempos que vivemos? Será o personagem que Paulo Cardoso interpreta, um retrato de muitos nós em certos dias difíceis (daqueles de alma menstruada)?

Creio que estará hoje a ouvir-nos muita gente que assistiu à primeira série de O Autofalante: gostaríamos muito que nos deixassem aqui (via 800 25 33 33 ou caixa de mensagens do blogue) a vossa impressão, de modo a não nos deixarem a falar sozinhos. É a partir das 19, com Fernando Alvim, Rita Amado e Cátia Simão.

32 comentários:

Bé disse...

Uma vez que ainda não há comentários deixo este: falar sozinha é das coisas mais saudáveis que pode haver. Estamos em contacto com nós mesmos! E que opinião ou sentimentos nos podem interessar mais que de nós mesmos?

Isto fez sentido?

Bé da linda e chuvosa cidade de Braga

joanarssousa disse...

Fernando, Rita, Cátia e Pedro,

é com a alma «amonstruada» que brado aos céus (e sozinha, just me and my pc) que isto de falar sozinha é das melhores terapias que conheço...

Os monólogos interiores por vezes podem poupar-nos muitas discussões e arrelias exteriores (com os outros e com o outro que nós somos). Era bom que os praticassemos mais vezes, assiduamente, quase com hora marcada. Isso marquem na vossa agenda uma hora para parar de pensar, para pensar e falar connosco próprios!


Beijinhos e bom programa (hoje é dia de ginásio... (ah pois o desporto é importante) e não vou ouvir-vos em directo!!)


Joana dos Chapés de Bono (ou às cores, como preferirem)

Anónimo disse...

Pelos poderes de SÃO CIPRIANO e das três almas Pretas que vigiam São Cipriano, O (RM) virá agora, atrás de mim (RH). o (RM) virá de rastos, apaixonado cheio de amor e tesão para ficar comigo para sempre e mais rápido possível?. São Cipriano eu terei esse poder, que o (RM) deixe de vez todas as outras mulheres e AMIGOS, PRINCIPALMENTE As paqueras E assuma para sempre que me ama (RH). São Cipriano que O (RM) me procure a todo o momento. HOJE E AGORA, desejando estar sempre ao meu lado, que o (RM) tenha a certeza que eu sou a mulher perfeita para ser a amaDA dele e sua mulher, e que O (RM) não possa mais viver sem mim, e tenha sempre a minha imagem em seu pensamento todos os momentos. AGORA, COM QUEM ESTIVER, ONDE estiver O (RM), irá parar, porque o pensamento dele estará em mim (RH). E ao se deitar que tenha sonhos comigo e ao acordar pense em mim e me deseje, ao comer pense em mim, ao andar pense em mim, a todo o momento dos seus dias tenha o pensamento em mim, que queira me ver, sentir meu cheiro, me tocar com amor, que O (RM) queira abraçar-me, beijar-me, cuidar de mim, proteger-me, amar-me nas 24 horas de todos os seus dias, fazendo assim com que me ame a cada dia mais e que sinta prazer somente por ouvir minha voz, QUE TENHA UM CIÚMES INCONTROLAVEL DE MIM (RH). SÃO CIPRIANO faça O (RM), sentir por mim um desejo fora do normal como nunca sentiu por outra e nunca sentirá. Que tenha prazer apenas comigo, que tenha tesão somente por mim, e que seu corpo só a mim pertença, que só tenha PAZ se estiver bem comigo. Agradeço por estar trabalhando em meu favor e vou divulgar SEU nome SÃO CIPRIANO em troca de amansar O (RM), e trazê-lo apaixonado, carinhoso,devotado, dedicado, fiel, e cheio de desejos aos meus braços, para que assuma o nosso amor, o mais rápido possível. Peço isso aos poderes das três Almas pretas que vigiam SÃO CIPRIANO. Passa essa mensagem para quatro altares diferentes e rapidamente terás uma surpresa?. Dentro de 1 HORA

LAPAROTE disse...

Eu falo sozinho porque gosto, porque preciso, porque acho que faz sentido.

Para além disso, sou dono de uma voz extremamente sensual, logo, gosto de me ouvir.

E quantas vezes, em vez de falar sozinho, não dou por mim a falar comigo, em frente ao espelho e a dizer "o que tu eras e o que tu és hoje....gordo!"

Mas apesar de gostar de falar sozinho, detesto que me deixem a falar sozinho...se é que me entendem...

LECEIA NÃO FALA SOZINHA!!!!

Abraço do LAPAROTE

zizou disse...

Penso que a peça vai ser um sucesso eu assim que comecei a ler fiquei "agarrado" ao texto e achei o tema interessantissimo e creio que isso tem muito a ver com o facto de cada vez mais nos sentirmos sozinhos no meio de tanta gente (cliché mas verdade) mas penso que também tem a ver com o facto de cada vez mais o mundo e especialmente as relaçoes humanas se têm vindo a tornar cada vez mais complexas e já raras sao as vezes que sao verdadeiramente espontaneas desinteressadas enfim humanas.

Penso que todos temos cada vez mais os nossos momentos de bipolaridade e que a competiçao permanente e o incessante burburinho nos levará quem sabe, a nos separar-nos de nós mesmos resultando de uma espécie de loucura supra individualista, nada melhor que a divisao ate ao ponto indivisivel eh eh eh.

Isto vai-se tornar num planeta de organismos unicelulares.

Bom programa

Anónimo disse...

Viva pessoal da prova oral e Pedro,


Ja tinha ouvido falar dessa peça, e muito bem, espero que circule pelo Porto.

Falar sozinha? Mesmo acompanhada essa é a questão. Existem ocasiões que são perfeitos monólogos.
Mas estamos aqui para o ouvir o Pedro. Dizeram-me que escreveu a peça, é verdade? Se sim Parabéns, se não parabéns na mesma porque pelo
que ouvi representa-a muito bem.

Carlos disse...

Ja vi que hoje o tema é o 13 de Maio, por Alvim não te esqueças do 1º. salão erotico do PORTO de 7 a 10 de Fevereiro 2008

Carlos Alves - Barcelos
www.naonda.com.pt

Carlos disse...

Ja vi que hoje o tema é o 13 de Maio, por isso Alvim não te esqueças do 1º. SALÃO ERÓTICO DO PORTO de 7 a 10 de Fevereiro 2008

Carlos Alves - Barcelos
www.naonda.com.pt

Marlene disse...

As vezes falo sozinha... ainda a pouco, no msn disse que ia ouvir a PO agora e a minha amiga não sabia isso o que era... as vezes falar sozinho é ser o unico a perceber do que se está a falar não é?

marlene disse...

Chega as Flores, a ilha mais ocidental da europa

Anónimo disse...

Só para dizer que o convidado acabou de dizer "Ora pois". Ou a aposta não era recíproca??

Abraço,
B., Londres

African Queen disse...

Belo tema! E o Pedro é bem disposto e giro e tudo :)
Olhem, agora a sério... eu tenho uma teoria. As pessoas andam demasiado autofalantes porque perderam a capacidade de ouvir os outros. Estamos tão centrados no próprio umbigo que deixamos de ouvir e, portanto, de comunicar.
E o porto vale bem mais que uma noite, ainda que seja uma bela noite, carago :)

Anónimo disse...

Para dizer que a Antena3 se ouve pelo mundo todo...só em Madrid estamos pelo menos 3. Mesmo estando em fase de exames não podíamos perder esta entrevista maravilhosa. Estamos quase a voltar para Portugal e, com certeza, que iremos ver a peça. E Pedro...quem nos dera falar tão bem espanhol como tu...nesta terra nng nos entende.
Bjs e abr para todos!
(André, Filipa e Mariana)

freser disse...

bom, esta visto que as XANAS não podem ir ao brazil, e que veados, são uma espécie animal que não existe na fauna brazileira. lolololol

freser disse...

Alvim, ja que estamos numa de "traduções" das expressões dos dois países irmãos, pergunta ao teu convidado, o porquê de existirem tantas expressões "americanisadas" no vocabulário brasileiro!?
tipo AIDES - sida

Anónimo disse...

Ó Pedro o Brasil só tem 180 milhões de habitantes e não 250 milhões

Anónimo disse...

Nem oio nem oitenta! No oposto daquilo que é o tema da peça o Vosso convidado fez algo que me parece um fenomeno estupido da sociedade actual, e que julgo poderia dar um bom programa. Precisamente o cumulo que é deixar todos os ouvintes "a falar sózinhos" para atender o telemóvel no meio de um programa de rádio!!!!
Dito isto, gostava muito de ver a peça. Vem ao Porto?
Abraço a todos
Coringa

Elisabete disse...

e eu em Nova Iorque.

Sergio disse...

Entao, olha, para juntar às internacionalizações, cumprimentos de Eindhoven (holanda)
Abreices
Sergio

Anónimo disse...

aqui em chelas tb se ouve bem =P

miguelsousa disse...

Olá a todos!

E eu estou a ouvir-vos em San Jose, California. É verdade, vocês fazem-me companhia todas as manhãs, às 11h (-8 horas).

Abraço,
Miguel

Anónimo disse...

e eu estou a ouvir vos de fornos de algodres conheces alvim???

carla

Sergio disse...

Ok, já que nao acreditas vai a www.couchsurfing.com/sergiolx
(no login diz holanda!)
tanta burocracia!
já agora digo que o meu banco aqui na holanda é o rabobank :) hehe

El_Chino disse...

Neste momento não estou a falar sozinho, mas tenho estado a rir continuamente sozinho!
E já agora, eu estou em Bruxelas!

Como prova aqui fica o link do meu blog - www.belgiumwaffles.blogspot.com - a verdadeira bolacha belga!

Um abraço e continuem com o excelente programa.

João

fil disse...

eu não só falo sozinha diariamente como tambem tenho amigos imaginarios. É optimo e saudavel! se calhar nao tanto quando se tem 25 anos....

Anónimo disse...

Olá a Todos,

estou a rir-me muuuito do programa de hoje... Parabéns!
podia estar a ouvir-vos de qualquer parte do planeta, mas estou a em Castelo de Paiva (o que vale o mesmo que estar bem numa aldeia do Gana, ou outro fim do mundo qualquer...)

Beijos e abraços...

Manuel Mendes

sam disse...

se a peça for tão boa como está a ser o programa, sem duvida vou ter de ir ver. ;)

Dr Bayer disse...

ola todos!!

eu estou a ouvir-vos da Figueira da Foz e nunca me ri tanto com voçes como hoje!

Cumprimentos!

Anónimo disse...

Boas Alvim,
Aqui vão os meus Parabéns para o vosso programa. Actualmente estou em França em Le Havre (para provar poderão telefonar para a minha empresa que teve a ideia pa me mandar p aqui!!)!!
Já agora para vos dar um aumento de ego… informo-vos que desde há uns dois anos que ganhei o habito de vos ouvir e mt raramente n o faço, especialmente se estou em Portiugal.. desde já envio um abraço a uns amigos que estão em Antwerpia que também vos estão a ouvir.
Ps- A Rita não estudou em St. André?!?! Bem parecia q sabia q és! 
Cumprimentos, Rodrigo Conceição

Bia Teixeira disse...

Eu estou a ouvir-vos de São Joaninho, uma bela terra em Viseu, Portugal. Como vêem, até Portugal ouve a Prova Oral.

Márcio disse...

Boas, a todos, convidado, convidadas, e Alvim...

Só para dizer que estou a ouvir, online, com algum atraso, 30 segundos, mais ou menos, em relação à rádio herteziana, e estou em Portalegre... É preciso provas? Em vez de prova oral, vai esta prova escrita! A minha palavra deve chegar!

Feliz Ano a Todos!


Márcio Guerra

Anónimo disse...

Boas pessoal,

O convidado é 5 estrelas, não sei se me consigo rir muito mais!

Parabens pelo programa...

Abraços
Pedro Castilho
Torres Novas