terça-feira, abril 03, 2007

Homem Tribal vs Homem Máquina, segundo os Blasted Mechanism



Chegou às lojas no dia 19 do mês passado um novo álbum dos Blated Mechanism, chamado «Sound in Light». Na verdade não é só um, mas são dois álbuns, porque este primeiro traz incluído um link que dá acesso a um sítio virtual donde se pode downloadar (bonito neologismo; melhor que este só emailar) um outro chamado «Light in Sound» (o download inclui não só os ficheiros áudio, mas toda a parte gráfica que poderá ser posteriormente colada num vulgar CDR). Original, não?

E depois há a participação de vários convidados especiais, como: António Chainho, Rão Kyao, Macaco (SP), Transglobal Underground (UK), Nidi D'arac (IT), Gaia Beat(PT) e a Kumpania Algazarra (PT).

Lemos ainda, sobre este trabalho: «o poder do Som será revelado á humanidade no dia em que esta compreender o poder oculto nas palavras e apreender a utilizá-las de acordo com as leis evolutivas. Nesse poder, o som e o silêncio unificam-se transpondo assim a barreira do Ego liderando o Homem a níveis elevados de consciência. A Luz é o elemento essencial presente no centro de todas as partículas criadas. Ao manifestar-se conduz as criaturas ao seu verdadeiro destino, levando assim o ser humano a atingir tal compreensão da Luz , que passe a viver nela e através dela se expressar. Unite in Sound, Unite in Light, Unite the Tribes, são palavras de ordem para uma nova Era de ascensão, de união, de paz, e de respeito pela Terra, nave viva que nos transporta e abriga, qual grande mãe galáctica. O homem tornar-se-á mais subtil, a matéria será finalmente compreendida e a religião e a ciência serão diluídas na metafísica.»

Vamos pois ter cá hoje os Blasted, devidamente metamorfoseados (vocês não poderão ver, mas nós juramos a pés juntos que sim), para falar da sua já longa carreira, da sua visão do panorama actual da música feita por este Portugal do nosso coração e do nosso fígado afora (o item já se tornou um cliché, mas vale sempre a pena falar dele), do mercado, da crise de vendas agregada à partilha de mp3's, das expectativas acerca deste novo álbum e também dos argumentos das canções, as preocupações estéticas e éticas que os Blasted neles expressam: a ecologia, a natureza humana, o homem tribal vs o homem máquina – e tudo o mais que quiseram perguntar, como sabem, via 800 25 33 33 ou caixa de comentários do blogue. Hoje, com o Fernando Alvim, estará a Cátia Simão.

A partir das 19.

Amanhã, Pedro Mexia virá mostrar a sua «Prova de Vida».

30 comentários:

Estranha pessoa esta disse...

Metamorfoseados:

Não será o 'Poder do Som' mais que um objectivo revelado, um meio necessário para sentirmos que afinal a nossa consciência é como que um gasóleo da vida?
Ou por outra, não será o dequilibrio entre o silêncio e o som, a verdadeira inconsciência desta Era?

Não andará a Humanidade completamente surda??

Alvim,
Visto por esta prespectiva, achas que andas surdo? :P

Filipa - Serra de Montejunto

Abraço grande.

3RRR disse...

Namaste Karkov,

uma pergunta muito, muito importante: quando é que Blasted Machanism vêm cá à Madeira dar mais um espectáculo?
Apenas uma palavra de apreço: o melhor e mais bem conseguido projecto do panorama musical português.

Om Shanti.

Saianete disse...

Bom dia pessoal,

Em primeiro queria congratular os Blasted, por uma carreira, por muito curta que ainda possa ser já é uma, e por todo o trabalho desenvolvido ao longo destes anos.
A vossa evolução a nível de som é excelente, o vosso cuidado em diferenciar a característica visual dos concertos e a vossa própria em palco !!

Tenho uma pergunta que me assola esta mente conspurcada, desde que adquiri o "Sound In Light"...
Esperam com este álbum "conseguir" sair para fora do nosso Portugal ? Foi feito também com esse objectivo ?!?!

Apenas tenho mais uma coisa a dizer, continuem com o vosso melhor contributo ao nosso panorama musical... espero ouvir uns Blasted daqui a uns 10, 20 anos ainda em altas,
cheios de irreverência (o panorama da bengala, pode ser utilizado nas futuras fatiotas...) !

Prevejo um futuro brilhante para vocês... e tu Alvim vais-te "metamorformear" ??!?!?!

Um grande abraço e beijos...

PS - Obrigado pela borla do "Light in Sound" !!!

Joao disse...

Crazidog diz:
ola parabens pelo vosso tarbalho.
Gostaria de saber se há musicas cantadas em portugues e senão, para quando?
faço minhas as palavras do SAM The kid.
Gostaria de ver o resulado, e em minha opinião só assim mostrariam o real valor da banda.
Um abraço.

Miguel F. Carvalho disse...

os Blasted não levados a sério pela crítica... se fossem ingleses diriam que eram uns visionários...

V 4 Viktory disse...

Saudaçoes a todos, sem duvida que os Blasted são a melhor banda de Portugal e em palco são os melhores do mundo, têm um universo muito proprio deles e isso só se reflete ao vivo, tive a opurtunidade de os ver no concerto de apresentaçao ao "sound in Ligth" e tambem de os conhecer no final do concerto, são mesmo um bacanos. Um abraço pra voçes e manda aí um abraço ao Karkov , Valdjiu e ao Ary que eu nao me esqueço deles.

V 4 Vikotry

-- http://v4viktory.blogspot.com --

Anónimo disse...

Olá a todos e um muito especial bem haja para os Basted...
Ouvi recentemente 3 das novas musicas e cada uma é melhor do que a outra...ADORO-VOS

Beijos para todos

ASS: SeCaNevasseFazia-seCaSki

Herbívora disse...

Os Blasted podem contar pelo menos com uma pessoa,eu, no Oeiras Alive. Mas tenho cá um fealing q lá vão estar pra ai mais 3 ou 4. loOol agora a sério os Blasted Mechanism são 5 estrelas.

beijinhos

Mr. Postalhas disse...

olá.
E os Blasted Mechanism ?
Que dizer?
No pouco que assisto existe um crescer da comunidade de fãs quase de dia para dia, nota-se trabalho e dedicação maturidade .Conheci-os com o MIX 00 e epá... desde aí é a alegria e o gozo numa banda sonora mesmo tuga com tudo para alternativamente tornar-se internacional.
Eleva a língua portuguesa ao expoente quase máximo. Excelente.
Um rancho Folk dos dias de hoje mas que dá para ouvir ao almoço, no emprego, ao jantar, ao lanche e na rua e tambem no carro.
O el Sound Light, do que pouco ouvi gostei, mais uma renovação, cores da terra, o vermelho do perigoso ou do proibido.

PS: Isidoro. Ouve tá bom.
O Isidoro é um primo meu que agora já ouve os Blasted Mechanism.

estrofe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
the.reflecting.god disse...

Boas.
Só pra dizer k esses senhores são mto grandes! Só tenho pena k a apresentação deste novo album ñ tenha passado cá por Coimbra, com aconteceu com o anterior... =(
Mas pronto, estou a adorar este novo album, mais uma evolução no som deles, e mais uma aposta ganha! Então este tema, "We", é a brutalidade... =)

Abraço pro pessoal da Prova, e para os Blasted.



P.S.: Espero vê-los ao vivo em breve, k aí é k dão cartas...

aLqUimISta disse...

Boas a todos...

Grandes Blasted...
Tenho umas questões.
Todos nós temos a noção de que Portugal já foi conquistado pelo vosso espirito. Portanto gostava de saber qual é o impacto que vocês têm a nivel internacional?
Quais os paises, que já reclamam a vossa presença?

Está na hora de conquistar mercados mais importantes...

Estive na Aula Magna e é impossivel ficar parado com o vosso som.

Vocês são grandes...
Abraços

Fui...

maria disse...

Parabens aos blasted plo trabalho desenvolvido ate aki.ja fui a varios concertos vossos e a energia e sempre a mesma.para mim sao a banda portuguesa mais original do nosso panorama musical.Infelizmente o vosso trabalho nao esta ainda reconhecido, mas axo k e so uma kestao d tempo.

Bjs para todos e boa sorte para o novo trabalho.Ah..parabens Alvim plo programa, ao final s programas tds continuas a assegurar temas interessantes.

Joana Santos (STRITH) disse...

Alo, pois era so para mandar um beijinho ao valdjiu e dizer que o pessoal do forum esta ligado na ANTENA3, sempre em cima do acontecimento!
Quanto ao album adoro-o... Foi com grande entusiasmo estive no primeiro concerto em Foz Coa e acho que nos aguardam grandes aventuras por este pais fora sempre com os Blasted Mechanism.

E sim, em aveiro parece-me que ha cogumelos magicos eheh

Beijinhos para todos ai

bleh disse...

Para verem como os Blasted estão lançados na europa:
recentemente visitei londres e quando referi a minha nacionalidade a uma bifa , este não enumerou os icones do nosso país (mantorras , boxexas , cavaco silva) mas sim os grande BLASTED! trocamos ideias (e nao só) sobre esta grande banda.

Por esta noite bem facturada , tenho orgulho em ser Português graças a vós.
Namaste

Dark Angel disse...

Boa tarde. Estou de prevenção hoje, e estou a preparar a mochila. Coisas da guerra...
Se bem te lembras de mim, eu sou o tal soldado da paz (lol) que se encontra no Kosovo.
E não estou a perder o teu programa. Abraço gigante.

Anónimo disse...

Boas Tardes,

Sou ouvinte atento dos Blasted Mechanism de há vários anos, ainda do tempo em que não haviam cogumelos em Aveiro.
Uma pergunta...Festivais de Verão, já existem propostas?

patricia disse...

blasted bomba!

melhores concertos no enterro em aveiro foram deles..

não aumentem o cachÊ..lol pra vos podermos continuar a ver por la..

hasta

Pilocibino disse...

BLASTED MECHANISM são o expoente maximo do psicadelismo portugues (juntamente com, estes no outro lado do espectro, os grande Ena Pa 2000)! Como estou em Inglaterra nao sabia que tinham lançado este novo album, mas estou ansioso por ouvi-lo.
Ja agora, era hora de sairem para fora da toca (ISTRANJEIRO)!

Um abraco ao grande CAPITAO ALVIM, amanha o Benfica continua rumo à conquista da TACA UEFA.

*FAVAS COM CHOURIÇO*

margarida disse...

oi..
eu gosto mto dos Blasted,mas ainda nao tive a opurtunidade d os ver ao vivo,por isso tem d vir aki ao alentejo,ao Redondo ou á keima d évora...
bjos margaridaveigas

p.s-alvim e tu tb tens d vir ca!!!!!!lol..ve-se respondes aos mails

Farpas disse...

Os Blasted são, neste momento, a banda mais original de Portugal (pelo menos) na música, no visual, nos instrumentos,..., e sendo eu um amante dos instrumentos blasted (a Kalashakra do JP é uma coisa do outro Mundo!) gostava de saber se o Valdjiu podia desvendar um pouco sobre o onozone que segundo consta será a nova "invenção" deles!

Beijos a quem é de beijos e abraços a quem é de abraços!

Ruisituh disse...

Oi malta....
Sou o Rui de Moncorvo...

Queria felicitar os Blasted pela excelente carreira e que temas como Karkov ou When The Sun Goes Down sao obras de arte.

Badju quanto onde se deve ir buscar energia acho que é fundamentalmente nas coisas que gostamos de fazer...

Um abraço...

Rui Cubano disse...

Akilo na Zambujeira é que deve ter sido rapar calor dentro das fatiótas... não não vi pq ainda estava no Hotel dez milhões de estrelas (praia) a dormir...

Fia disse...

Estou a ouvir-vos a falar, e apesar de ainda não estar familiarizada com a música dos blasted, começo a acreditar que não sou a única alien neste planeta sem espaço para todos os seres diversos.Pois os meus ideais vão de encontro aos desse senhor irónico mas muito fiel a si mesmo e às suas ideias. PARABÉNS.Estou a gostar.

Pedro Estica disse...

oh valdjiu, diz-me uma coisa... quando tás à rasca pra cagar, mas mesmo muito à rasquinha... tu consegues despir aquela parafernália toda ou ficas com manchas de chocolate nas cuecas???

sempre tive esta dúvida existencial... em relação ao tema... chocolate nas cuecas é tribal...

Hélio disse...

Sou frequentador do forum oficial dos Blasted e seguidor da banda há uns anos largos já...

Uma coisa é certa, Blasted é a banda que faz a diferença em Portugal, não só pela música diferente, nem somente pelo visual, mas pelo power todo que transmitem e ESPECIALMENTE pela maneira como tratam os fãs.

Os fãs de blasted devem ser os fãs mais unidos do mundo, e não digo isto só por dizer.

Desejo tudo de bom para a banda e um abraço para o Valdjiu que está aí na prova oral.

Um abraço do Porto e que venha rápido o meu 13.º(?) concerto de Blasted... se vos convidarem para a Queima do Porto deste ano, venham e mai nada! A malta do costume cá vos espera...

1 ab
LemoN

Anónimo disse...

Eh pá, esse tipo é insuportável!
Alguém me faça o favor, e lhe dê com um taco de basebol!!

eu disse...

So pra deixar a minha opiniao...
A evolução é uma coisa natural e a Humanidade caminhou muito até atingir este ponto. O caminho não foi feito so de coisas boas, e verdade, como nenhum é. Um homem mais tribal é mais contemplativo, concordo. No entanto é contemplativo porque não procura entender o fenomeno. A vontade de entender um fenomeno leva a a vontade de entender outro, o que por sua vez leva a uma evolução do conhecimento o que eu considero uma coisa boa. No entanto corremos o risco de achar que possuimos um conhecimento geral e elevado quando no fundo se calhar nao temos. Essa falta de humildade para entender k a conquista do nosso espaço neste planeta é diária e que o conhecimento nunca é total é que caracteriza o tal homem máquina. A curiosidade, a contemplação, a leveza de espirito sao caracteristicas do homem tribal... eu acredito na evolução desse homem tribal... um homem que apesar de tentar conheçer o mundo continue a perceber que somos parte dele e, tal como um filho para um pai que so o vai entender totalmente quando atingir a sua idade, perceba k nunca saberemos tudo! ACredito nessa evolucao...

Capitulo disse...

Boas:

Queria aqui deixar a minha modesta opinião sobre Blasted...
Não sei nada sobre o meu código genético, enm nunca ouvi o meu silêncio. Aliás acho que nem me ouço quando faço barulho, o que é bom porque posso ser um pouco irritante. Nem tão pouco sei alguma coisa sobre o código genético desses senhores e do cosmos... Mas uma coisa eu sei! Os Blasted têm uns tomates do caraças, para serem a banda que são no nosso cantinho à beira mar enterrado. Não é fácil em Portugal afirmar a diferença e viver sobre a sua égide. A minha vénia a essa Entidade (porque é mais que uma banda, é já um organismo que ganhou vida própria)

Saudações

Capitulo disse...

Boas 2:

Mais interessante ainda é verificar que ir a um concerto de Blasted é uma celebração, em festa contínua. O poder corre-nos nas veias. Mas curiosamente qnd saimos do concerto uma estranha sensação de calma preeenchenos. Podem explicar issso?